Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Composição do Governo “rouba” 1/4 da bancada socialista

  • 333

Entre ministros e secretários de Estado, 21 dos novos governantes vêm do grupo parlamentar do PS. A sua substituição pelos seguintes na lista traz de volta ao hemiciclo José Magalhães e Inês de Medeiros, entre outros que tinham ficado de fora a 4 de outubro

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

O Executivo liderado por António Costa vai obrigar a uma renovação de um quarto dos deputados socialistas: dos 86 originalmente eleitos, 21 fazem agora parte do elenco do XXI Governo, com posse marcada para esta quinta-feira, às 16h00.

Além de António Costa (cabeça-de-lista por Lisboa), saem para ministros Maria Manuel Leitão Marques (cabeça-de-lista por Viseu), Mário Centeno (8º por Lisboa), Eduardo Cabrita (2º por Setúbal), João Soares ( 13º por Lisboa), Tiago Brandão Rodrigues (cabeça-de-lista por Viana do Castelo), José António Vieira da Silva (cabeça-de-lista por Santarém), Manuel Caldeira Cabral (cabeça-de-lista por Braga), Luís Capoulas Santos (cabeça-de-lista por Évora) e Ana Paula Vitorino (9ª pelo Porto).

A estes dez somam-se 11 nomes de atuais deputados que passam a secretários de Estado: Pedro Nuno Santos (cabeça-de-lista por Aveiro), Margarida Marques (cabeça-de-lista por Leiria), José Luís Carneiro (2º pelo Porto), Graça Fonseca (15ª por Lisboa), Ricardo Mourinho Félix (6º por Setúbal), Fernando Rocha Andrade (2º por Aveiro), Marcos Perestrello (4º por Lisboa), Isabel Oneto (12ª pelo Porto), Jorge Gomes (cabeça-de-lista por Bragança), Catarina Marcelino (5ª por Setúbal) e José Apolinário (cabeça-de-lista por Faro).

Serão substituídos pelos que se seguem na lista, o que vai levar de volta ao hemiciclo nomes como José Magalhães (Porto), Inês de Medeiros (Setúbal), Nuno Sá (Braga), Odete João (Leiria) e Miguel Coelho (Lisboa) - que eram deputados na legislatura anterior mas não tinham sido eleitos nesta.