Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Blanco de Morais demarca-se de Governo de iniciativa presidencial

  • 333

Ex-assessor constitucional de Cavaco Silva esteve na reunião promovida por Passos Coelho e Paulo Portas e quer deixar claro: “Desconsidero a viabilidade política dessa opção'”

Carlos Blanco de Morais, ex-assessor de Cavaco Silva para os assuntos constitucionais, esteve na reunião promovida esta terça-feira por Passos Coelho e Paulo Portas para analisar a atual crise política, e quer demarcar-se publicamente da defesa de um eventual Governo técnico de iniciativa presidencial.

“No que particularmente me respeita, a minha posição sobre o tema é pública e expressei-a com clareza numa entrevista recente ao ‘i’, tendo desconsiderado a viabilidade politica dessa opção, independentemente da sua admissibilidade jurídica”, afirma Blanco de Morais ao Expresso.

Na reunião de terça-feira no Tivoli, foram amplamente discutidos os riscos de erosão do sistema semipresidencialista caso Cavaco Silva dê posse a António Costa, permitindo que seja o Parlamento a decidir quem governa. E, como o Expresso noticiou, juristas e politólogos próximos da Casa Civil do Presidente da República teorizaram, nesse contexto, sobre a solução de um Governo técnico de iniciativa presidencial, defendendo a sua viabilidade.

Rui Machete, ao contrário, terá sido um dos defensores de que Cavaco deve dar posse a António Costa.