Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

CAP: “Que eu saiba,a soma de três perdedores não dá um vencedor”

  • 333

Tiago Miranda

João Machado, presidente da Confederação dos Agricultores, defende a necessidade do Presidente da República convocar eleições “o mais rapidamente possível”, para meados do próximo ano

O presidente da Confederação dos Agricultores (CAP) mostra-se contra um Governo do PS, resultante do acordo à esquerda, e afirma que o chefe de Estado deve convocar eleições legislativas antecipadas.

“Democracia e transparência é perguntar se aqueles [PS] devem mandar no povo. Neste caso, achamos que há uma situação escondida e uma união negativa daqueles que perderam as eleições para governar”, disse esta tarde João Machado, à saída de um encontro no Palácio de Belém com Cavaco Siilva.

O líder da CAP explicou ter solicitado ao Presidente da República que não tomasse “nenhuma decisão definitiva” sem ter este argumento em conta. “Que eu saiba, a soma de três perdedores per si não dá um vencedor. Continua a ser uma perda”, realçou nas declarações aos jornalistas.

Acreditando que a aliança de esquerda não dá garantias de estabilidade para os próximos quatro anos, João Machado defende que a solução é marcar eleições o mais cedo possível. “Deve haver eleições para o ano, o mais rapidamente possível, aquilo que o calendário constitucional permitir”, acrescentou.

Ainda que admita que um Governo de esquerda é legítimo do ponto de vista constitucional, o presidente da CAP refere que os eleitores devem ser chamados a pronunciar-se.

Questionado sobre a possibilidade de um Governo de gestão, João Machado diz que essa decisão cabe ao chefe de Estado. “Não entrámos em pormenores, pois há outras possibilidades constitucionais. Não sei se o Governo PSD/CDS dá para continuar em gestão ou um Governo de iniciativa presidencial”, adiantou.

O Presidente da República iniciou esta quinta-feira uma ronda de negociações com os parceiros sociais, a propósito da formação de um novo Executivo, que só deverá estar concluída para a semana.