Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

"Aumentos" da função pública vão custar €450 milhões em 2016

  • 333

Marcos Borga

PS vai avançar com um aumento faseado dos salários da função pública, o que custará ao Estado cerca de 450 milhões de euros na totalidade do ano. Deste valor, cerca de 200 milhões já estavam previstos pelo anterior governo. A aceleração da devolução dos salários custa mais 250 milhões

São as contas do PS, que prevê que, a partir de outubro de 2016, os funcionários públicos terão os seus salários integralmente repostos. Os aumentos serão faseados, 25% ao trimestre, soube o Expresso.

Esta reposição é mais veloz do que estava previsto pelo Governo PSD/CDS. Se o Governo do PSD se mantivesse em funções, o Estado teria um custo acrescido com salários de 200 milhões de euros. O valor mais que duplica com a aceleração introduzida pelo PS.

Em 2017, os salários estarão integralmente repostos, pelo que o custo para o Estado será de mais 350 milhões de euros face a 2016. No total, ao longo dos três anos (reposição de 200 milhões em 2015, 450 milhões em 2016 e 350 milhões em 2017), a reposição custa mil milhões ao Estado.

Estas contas vão sendo conhecidas numa altura em que é importante conhecer as contas do PS, para avaliar a credibilidade do programa do Governo.