Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Montenegro. “Isto é pura desonestidade política e intelectual”

  • 333

Luís Montenegro, líder parlamentar do PSD

Marcos Borga

O líder do grupo parlamentar do PSD acusou António Costa de ser movido por uma “ambição desmedida”, insistindo que a coligação tem toda a legitimidade para governar

“Nunca vi em duas décadas alguém que quisesse governar perdendo as eleições”, afirmou esta tarde o líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, recebendo os aplausos da bancada da coligação.

Dirigindo-se a António Costa, o líder parlamentar do PSD disse que as movimentações à esquerda resumem-se a “pura desonestidade política e intelectual”

“Será que o PS de António Costa é diferente do PS de Mário Soares, do engenheiro Guterres ou do engenheiro Sócrates (...). O que está por trás deste novo PS e desta ambição desmedida e de não respeitar a vontade livre e democrática do povo português?”, questiona Montenegro.

Criticou ainda aqueles que compararam os acordos entre o PS, BE, PCP e Verdes com a coligação entre o PSD e o CDS há quatro anos e insistiu que o resultado eleitoral foi claro.

“Foi uma vitória clara com uma diferença clara e inequívoca. Não há ninguém com mais legitimidade democrática para se sentar nessa cadeira [do primeiro-ministro]”, sustentou.