Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS prepara-se para mais capital do Estado no Novo Banco

  • 333

Se for primeiro-ministro, António Costa vai negociar com Bruxelas possível reforço do Estado no Novo Banco. Dois mil milhões? O BCE dirá. Daqui a poucos dias

O Estado poderá ser chamado a injetar mais capital no Novo Banco. É esta a crença no PS, que em função disso se prepara para abrir negociações com Bruxelas, se for convidado a formar governo. As necessidades de capital do Novo Banco serão confirmadas nos testes de stresse dentro de dias. E os demais bancos não querem ‘entrar’ com mais dinheiro.

É este o cenário na mesa dos socialistas, que só agora pegaram no dossiê. O PS desconfia das contas do Governo sobre o Novo Banco (NB), pois considera que quer os riscos jurídicos (processos contra o antigo BES) quer os riscos económicos e financeiros não estão totalmente assumidos. Mas não será preciso esperar muito: os testes do Banco Central Europeu esclarecerão o reforço obrigatório dos rácios de capital do NB, que segundo várias fontes pode implicar mais quase dois mil milhões de euros. O NB terá seis meses para o fazer e a solução do Banco de Portugal — de venda com reforço de capital em mercado — pode não ser concluída a tempo. O PS não acredita que seja. Oficialmente, ninguém fala no assunto.

A negociação com Bruxelas passa por estender o prazo para vender o Novo Banco e por ter autorização para o poder público reforçar o Novo Banco através do Fundo de Resolução. E isso é impossível hoje.

Leia a notícia na íntegra na edição do semanário Expresso hoje nas bancas.