Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Marisa Matias acusa Cavaco de ser “uma força de bloqueio da democracia”

  • 333

Nuno Botelho

A candidata à Presidência da República acusou também o Presidente da República de “usar o seu papel para defender a estabilidade dos seus no poder e não a estabilidade da vida dos portugueses”

No lançamento da sua campanha enquanto candidata à Presidência da República, este sábado, Marisa Matias acusou Cavaco Silva de ser "divisor" e "uma força de bloqueio da democracia".

A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda acusou ainda o Presidente da República de "usar o seu papel para defender a estabilidade dos seus no poder e não a estabilidade da vida dos portugueses”.

Marisa Matias garantiu que "não irá pactuar com a humilhação do país" e que será uma Presidente da República "tão política quanto é a Constituição".

"Precisamos de uma Presidente de todos os portugueses e não de todos os mercados. Precisamos de uma Presidente de todos os portugueses e não de todos os banqueiros". "Precisamos de uma Presidente de todos os portugueses e não de todos os conselhos de administração das grandes empresas", disse.

Durante o lançamento, garantiu ainda ainda que tudo fará para "fortalecer a aliança entre a geração mais nova, que dizem ser a mais bem preparada, e a dos seus pais e avós, que tanto fizeram para os preparar".

  • "Uma por todos", apresenta-se Marisa

    A eurodeputada do Bloco de Esquerda lança na tarde deste sábado em Lisboa a sua candidatura presidencial, destacando-se nos primeiros outdoors o facto de ser mulher