Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PCP já propôs “posição conjunta” com o PS

  • 333

Comunistas dizem que estão “reunidas as condições para pôr fim ao Governo PSD/CDS-PP” e assegurar um “Governo da iniciativa do PS”

O Partido Comunista anunciou esta tarde que já propôs uma “posição conjunta” com os socialistas, tendo em vista uma solução governativa “duradoura”.

“Como temos afirmado, PSD e CDS não estão em condições de, por si só, prosseguirem o rasto de destruição e declínio que a sua política constituiu”, pode ler-se num comunicado divulgado no site do partido.

Os comunistas referem que o partido já enviou na tarde desta sexta-feira o texto de “Posição conjunta do PS e do PCP sobre solução política”, após a reunião da última quarta-feira.

“Estão reunidas as condições para pôr fim ao Governo PSD/CDS-PP, assegurar um Governo da iniciativa do PS, num quadro em que está garantida uma composição da Assembleia da República para a formação de um Governo do PS, a apresentação do programa, a sua entrada em funções e para a adopção de uma política que assegure uma solução duradoura”, acrescenta.

O PCP refere que já propôs ao PS uma data para o anúncio formal do acordo. E reitera que irá apresentar uma moção de rejeição do Programa do Governo que será votada na próxima terça-feira no Parlamento.

No domingo, o Comité Central do PCP vai reunir-se para discutir a viabilização do acordo com o PS para um Governo de esquerda.

  • O orgão máximo do PCP entre congressos vai reunir-se no próximo domingo à tarde, apurou o Expresso. Os comunistas mantêm silêncio absoluto sobre as negociações para a viabilização de um Governo de esquerda. “Os trabalhos continuam a decorrer”, diz apenas fonte oficial

  • Bloco e PS já têm acordo

    Bloquistas anunciaram na noite de quinta-feira a conclusão das negociações com os socialistas para a viabilização de um Governo de esquerda