Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Presidente da CIP. “Se Costa não tiver acordo, fica duvidoso porque chumba o governo”

  • 333

António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP)

Pedro Nunes/Lusa

António Saraiva defende que os portugueses quiseram estabilidade. E que os empresários também. Há mais soluções do que nomear António Costa como primeiro-ministro com acordo do PCP e BE, diz

“Se António Costa não conseguir demonstrar o acordo com os dois partidos [PCP e Bloco de Esquerda], fica duvidosa a razão pela qual vai chumbar o próximo governo”, afirmou esta noite António Saraiva entrevistado na TVI. Para o presidente da CIP (Confederação Empresarial de Portugal), “aguardamos para ver qual a próxima solução. Esperamos que o bom senso venha a imperar. O que o governo precisa é de estabilidade, estabilidade legislativa, estabilidade fiscal”.

“O que a economia menos necessitava era de uma se somar uma crise política”, afirmou ainda António Saraiva. O representante dos patrões diz que “70% dos portugueses votaram numa estabilidade, de continuidade de um governo anterior sem a maioria absoluta que tinha, logo dando ao PS o poder de fiscalizar participar mais na governação. É essa a nossa leitura.”

Neste momento, não é ainda público nenhum acordo entre PS, PCP e BE, sendo noticiado que o acordo não está fechado. Se não houver esse acordo, afirma António Saraiva, o PS não deve chumbar o programa de governo de Passos Coelho, assim derrubando-o. “Há outras soluções”, disse, sem especificar. “O que os empresários desejam é estabilidade política que dê continuidade à recuperação da economia”, acrescentou.

Temendo que a legislação laboral “volte atrás” com o PCP e BE, e que o salário mínimo aumente, como tem sido noticiado que pode resultar do acordo do PS com o PCP e o BE, o presidente da CIP diz que, se for o caso, esse assunto será resolvido em sede de concertação social. Mas “não vacilaremos” na defesa dos interesses das empresas, diz. “O que queremos é por o país sustentadamente a crescer”