Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Presidente começa semana de reuniões decisivas

  • 333

Passos Coelho já terá nomes ministeriáveis na cabeça, mas só faz convites depois de ser indigitado

Marcos Borga

O encontro desta manhã com Passos Coelho dá-se um dia antes de Cavaco Silva começar a receber os partidos que elegeram representação parlamentar nas eleições do passado dia 4

O Presidente da República vai reunir-se ao fimm da manhã desta segunda-feira com o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, que encarregou na semana passada de iniciar diligências para formar uma solução governativa estável.

O encontro está marcado para as 11h30 e acontece dias depois da reunião semanal entre Cavaco Silva e o primeiro-mi8nistro. A partir de terça-feira, o Presidente da República começa a receber os partidos que elegeram representação parlamentar nas eleições do passado dia 4 de outubro.

Cavaco recebeu o líder social-democrata em Belém dois dias depois das eleições legislativas, tendo anunciado que teria encarregado Passos, como vencedor das eleições, de formar uma solução de Governo estável. Na altura, Cavaco Silva sublinhou a importância do compromisso e da negociação entre partidos. Entretanto, Cavaco Silva já esclareceu que não vai deixar o país entregue a um Governo de gestão quando sair de Belém, após as eleições presidenciais do próximo ano.

A reunião sucede-se à troca de cartas entre Passos e António Costa, na sequência das reuniões que têm acontecido com o objetivo de discutir a formação do próximo Governo, até agora infrutíferas. Na última carta, o líder do PSD acusou o socialista de não esclarecer a sua posição e exigiu que este clarificasse se quer fazer parte de uma coligação de Governo alargada.

O Presidente da República recebe na terça-feira, a partir das 15h, as delegações do PSD, PS, Bloco de Esquerda e Bloco de Esquerda, tendo cada encontro a duração prevista de uma hora. Na quarta-feira, a partir das 10h30, será a vez de PCP, Os Verdes e PAN se reunirem com o chefe de Estado.