Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Passos e Cavaco já se reuniram. “Informei o Presidente das diligências, dado que presido ao partido mais votado”

  • 333

Marcos Borga

Após o encontro, o primeiro-ministro em funções foi parco em palavras, terminando por dizer que agora compete ao Presidente da República decidir

Numa curta declaração, sem direito a perguntas dos jornalistas, Passos Coelho limitou-se a afirmar que deu conta ao Presidente da República das diligências efetuadas nas últimas semanas com vista à formação de um Governo.

"Vim informar o senhor Presidente da República das diligências que fiz com vista a criar condições de estabilidade e de governabilidade no país, dado que presido ao partido mais votado nas últimas eleições", afirmou o presidente social-democrata, no final de uma audiência de cerca de 50 minutos.

À saída do Palácio de Belém, depois do encontro desta manhã com Cavaco Silva, o primeiro-ministro em funções nada de novo acrescentou, terminando por dizer que agora compete ao Presidente da República decidir "de acordo também com aquilo que será a sua avaliação e o seu julgamento".

Depois de Passos Coelho, o chefe de Estado receberá ainda esta terça-feira, a partir das 15h, delegações do PSD, PS, Bloco de Esquerda e CDS. Na quarta-feira será a vez de se deslocarem a Belém representantes do PCP, Partido Ecologista "Os Verdes" e do PAN - Pessoas-Animais-Natureza.