Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Nós, Cidadãos! admite impugnar votos dos emigrantes

  • 333

MÁRIO CRUZ / Lusa

Resultados das legislativas nos círculos Europa e Fora da Europa são conhecidos esta quarta-feira. Partido Nós, Cidadãos! acredita poder eleger pelo menos um dos dois deputados do segundo círculo e admite impugnar o ato eleitoral devido a atrasos no envio dos boletins de voto e erros nas moradas dos eleitores

Os resultados da votação nos círculos da Europa e Fora da Europa, nas eleições legislativas do passado dia 4, são esta quarta-feira anunciados em Lisboa. Em causa está a eleição de quatro deputados, dois por cada um daqueles círculos eleitorais.

Se se repetirem os resultados das legislativas de 2011 nos círculos da emigração, o PSD poderá eleger três deputados e o PS um. Todavia, o apuramento final dos votos relativos aos círculo Fora da Europa poderá vir a ser contestado pelo partido Nós, Cidadãos!

O líder do partido, Mendo Castro Henriques, admitiu durante a campanha eleitoral a impugnação da eleição pelo círculo Fora da Europa, caso venham a confirmar-se o que classificou como "irregularidades" resultantes dos problemas logísticos que marcaram a votação.

Problemas criados com atrasos no envio dos boletins de voto aos eleitores e erros nas moradas dos eleitores, que votam por correspondência, foram as razões invocadas pelo Nós, Cidadãos!, que acredita poder eleger pelo menos um dos dois deputados representantes daquele circulo.

Para o partido, "a situação compromete objetivamente e de forma ilegal a participação dos eleitores recenseados".

Nesse sentido, o Nós, Cidadãos! apresentou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) relativa às "irregularidades gravíssimas que têm marcado a votação nos círculos eleitorais da Europa e de Fora da Europa".