Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Diálogo PàF/PS: uma “reunião bastante inconclusiva”

  • 333

Tiago Miranda

Foram quase três horas de conversa sem resultados. À saída da reunião desta manhã com Passos Coelho e Paulo Portas, António Costa admitiu que “tinha expectativas” que a coligação não cumpriu

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

A coligação PSD/CDS não explicitou quaisquer condições de governabilidade ao PS. À saída da conversa de quase três horas na sede do PSD, António Costa confessou ter sido "uma reunião bastante inconclusiva".

"Tinha expectativas que sendo o PSD o maior partido parlamentar e cabendo-lhe o ónus da governabilidade, nos tivessem sido explicitadas as condições de governabilidade que a coligação entende terem de ser criadas neste quadro em que perdeu a maioria", disse o secretário-geral socialista.

Com rosto fechado, Costa disse que na reunião "não foi possível um trabalho aprofundado sobre quaisquer propostas" e que aguarda agora que essas propostas cheguem em breve PS e possam ser discutidas, "desejavelmente", em nova reunião na próxima terça-feira.

"Com o PCP foi mais fácil", acrescentou, "uma vez que havia matérias concretas em cima da mesa".