Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Começaram as negociações à esquerda

  • 333

José Caria

António Costa chegou à Soeiro Pereira Gomes, em Lisboa, para conversações com o PCP. Só há declarações à saída

Rosa Pedroso Lima

Rosa Pedroso Lima

Texto

Jornalista

José Caria

José Caria

Fotos

Fotojornalista

Jerónimo de Sousa, Francisco Lopes, João Oliveira e Jorge Cordeiro de um lado da mesa. Do outro, António Costa, Carlos César, Mário Centeno, Ana Catarina Mendes e Pedro Nuno Santos. O encontro ente PS e PCP começou às 18h. Até agora, tudo como o previsto, o líder comunista usa gravata vermelha, Costa preferiu o azul.

Depois desta reunião, será a vez dos socialistas se encontrarem com o Bloco de Esquerda, esta quinta-feira de manhã, para debater o novo quadro parlamentar e a formação do Governo. Para sexta-feira fica o encontro com Passos Coelho.

A reunião desta tarde com o PCP decorreu na sede nacional dos comunistas, na Rua Soeiro Pereira Gomes, em Lisboa, enquanto o encontro com o Bloco de Esquerda está agendado para as 11h de quinta-feira.

Por maioria, a comissão política nacional do PS decidiu que António Costa se iria reunir com todas as forças representadas no parlamento, tendo em vista encontrar soluções de Governo.

O posicionamento do PS é a chave para a governabilidade do país na próxima legislatura - o próprio Presidente da República deu a entender precisamente isso na mensagem que leu aos portugueses na noite de terça-feira -, mas, perante a divisão que o tema encontra dentro dos socialistas, Costa entendeu relegitimar-se. No comunicado final da comissão política nacional, os socialistas pediram ao PCP e ao Bloco de Esquerda para que clarifiquem as suas posições sobre a existência de condições políticas para a formação de um novo Governo.