Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Vera Jardim. “Vejo o diálogo com a coligação. Com a esquerda não vejo capacidade nenhuma”

  • 333

José Caria

O socialista recusou a negociação com o PCP e o Bloco para a eventual formação do Governo. Na chegada à Comissão Política Nacional do PS, disse ainda que “não é o momento de pôr em causa a liderança do partido”

Lusa

Lusa

Texto

José Caria

José Caria

Fotos

Fotojornalista

O antigo ministro socialista Vera Jardim recusou esta terça-feira o diálogo com o PCP e o Bloco de Esquerda para uma eventual formação do Governo, defendendo antes a viabilização de um executivo PSD/CDS com base num "compromisso".

Vera Jardim falava à entrada para a Comissão Política Nacional do PS, contrariando com esta sua posição uma das teses internas, segundo a qual os socialistas devem dialogar com o Bloco de Esquerda e com o PCP para equacionar uma eventual solução de Governo.

"Vejo o diálogo com a coligação PSD/CDS. Com a esquerda não vejo capacidade nenhuma de diálogo", declarou o antigo ministro da Justiça.

Mas Vera Jardim também fez advertências às forças do atual Governo, vincando que estão agora em situação de maioria relativa no parlamento.

"Espero que o PSD e o CDS, por estes dias, tenham feito uma aprendizagem no sentido do compromisso necessário", declarou.

Nas declarações aos jornalistas, Vera Jardim recusou que a liderança de António Costa no PS seja agora posta em causa.

"Não é o momento de pôr em causa a liderança do partido, porque seria um mau serviço ao PS e sobretudo ao país", defendeu.