Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Braga, Porto e Lisboa: três mano a mano entre Passos e Costa na campanha

  • 333

Jose Carlos Carvalho

As caravanas do PS e do Portugal à Frente vão cruzar-se por três vezes. Sem surpresa, será nos distritos mais importantes

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

O dia 27 de setembro, último domingo antes das eleições, vai marcar o primeiro mano a mano entre a campanha da coligação e dos socialistas. O palco deste "braço-de-ferro" será a cidade de Braga, para onde o PàF e o PS têm marcados nesse domingo os comícios de fim de dia. No caso da coligação, será comício sentado, com discursos ao jantar; no caso do PS, o formato ainda não está fechado. Em todo o caso, as comparações entre ambas as ações de campanha serão inevitaveis, numa altura em que tudo serve para medir o pulso ao andar da campanha.

O mesmo acontecerá nas últimas duas tardes de campanha. Direita e PS vão andar pela rua, e pelas mesmas ruas, embora não necessariamente às mesmas horas: a Baixa do Porto será o destino de ambas as caravanas na tarde de quinta-feira, dia 1 de outubro. E, na tarde seguinte, as bandeiras do PS e do PàF prometem colorir a Baixa de Lisboa.

São as tradicionais arruadas que marcam o fim de festa, com os partidos a apostarem em ações que possam encher ruas e dar imagens de grande apoio popular que fiquem na retina. Mesmo que as caravanas não se cruzem - em Lisboa, se se mantiver a tradição dos últimos anos, o PS fará a descida do Chiado a seguir ao almoço, e a direita ao fim da tarde -, é sempre apetecível comprar a mobilização de cada um dos lados.

Os últimos comícios de Passos Coelho e António Costa terão por palco cidades diferentes. Enquanto a coligação reserva as duas noites derradeiras para os dois maiores círculos eleitorais (Porto na quinta-feira, Lisboa na sexta), o PS aposta em círculos urbanos igualmente importantes, mas de menor dimensão - Coimbra e Setúbal.

A volta de campanha de António Costa foi divulgada esta terça-feira de manhã. Denominada "caravana da confiança", prevê que o líder socialista percorra o país de sul para norte, com uma curta incursão (de menos de 24h) aos Açores, no dia 28. Há distritos a que Costa irá mais de uma vez: Lisboa, Porto, Aveiro, Setúbal e Santarém (os distritos que poderão ser decisivos na hora de apurar os resultados eleitorais). Cada dia na estrada será pontuado, em regra, por uma ação de manhã, outra à tarde e outra à noite. As ações de rua, que a direção de campanha considera serem "muito vantajosas, tendo em conta o candidato", serão privilegiadas sempre que possível.