Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

“Mais de 50% dos portugueses ganham menos de oito mil euros por ano”

  • 333

Mário Centeno sublinha que Portugal enfrenta um momento de rutura na forma como o Estado Social garante uma boa distribuição de garantias mínimas pela população

A capacidade de distribuir deve ser feita de forma contínua, sem criar clivagens na sociedade, afirma Mário Centeno. "Esta é a rutura com que Portugal se confronta neste momento", acrescentou. E aditou: "Temos um elevado número de pessoas com baixos rendimentos. 50% dos portugueses recebem uma forma de salário inferior a oito mil euros [por ano]".

Estas afirmações foram feitas esta segunda-feira ao final da tarde em Lisboa, durante a apresentação do livro “Cuidar do Futuro”. Da autoria de Pedro Adão e Silva e Mariana Trigo Pereira, o livro, dedicado ao Estado Social, foi apresentado por Mário Centeno (economista que chefia o grupo de especialistas que tem trabalhado com António Costa, no PS) e Manuela Ferreira Leite (que foi ministra das Finanças e presidente do PSD).

"A liberdade de escolha não é incompatível com o Estado Social", afirmou ainda Mário Centeno.