Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Jerónimo de Sousa: “Nu só mesmo à frente do duche”

  • 333

Marcos Borga

Líder comunista foi a primeira “vítima” dos Gato Fedorento nestas eleições. Num registo descontraído, respondeu a todas as questões. Incluindo se estaria disposto a despir-se para a capa de uma revista

"Estão-se a rir? Há uns anos fazia um figurão em qualquer capa de revista." A frase é, imagine-se, de Jerónimo de Sousa. Fora de contexto, pareceria disparatada. No contexto da primeira emissão de "Isto é tudo muito bonito, mas..", a nova rubrica de humor dos Gato Fedorento na TVI, só mostra o fair play do secretário-geral do PCP.

Na primeira curta entrevista aos candidatos às próximas eleições, Ricardo Araújo Pereira teve um Jerónimo de Sousa descontraído pela frente. Disse que se hoje tivesse "20 contos, casava-me outra vez com a minha mulher", ou que o próprio Gato Fedorento "já andou a vender bejecas na Festa do Avante" e "podia voltar quando quisesse para ser porteiro" e deixar entrar Marcelo Rebelo de Sousa "e mais os 50 ou 70 mil que lá estiveram e que não são membros do meu partido".

O momento alto foi quando Araújo Pereira o confrontou com a possibilidade de posar nu para uma capa de revista, à semelhança do que fez Joana Amaral Dias. Jerónimo confessou ser agora "bem comportadinho", mas que "há uns anos era capaz de fazer um figurão em qualquer capa de revista". Agora, "nú só mesmo à frente do duche."