Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Saída de Sócrates e sondagens alarmam PS

  • 333

Sócrates na chegada a casa depois de mais de nove meses preso em Évora

João Relvas / Lusa

Rosário Teixeira fez a vontade ao ex-PM e abdicou da vigilância eletrónica. Mal soube que ia sair, Sócrates nem esperou para jantar. Última refeição preso foi feijoada à transmontana

Bernardo Ferrão

Bernardo Ferrão

Subdiretor da SIC

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

A informação foi divulgada pelo gabinete da Procuradoria-Geral da República à hora em que começava o jogo particular entre Portugal e França, mas nessa altura já José Sócrates tinha saído da cadeia de Évora, onde esta sexta-feira deixou de ser o recluso 44 ao fim de 284 dias de prisão preventiva.

O ex-primeiro-ministro foi apanhado de surpresa às 18h30, quando foi notificado pessoalmente pela direção do estabelecimento prisional de Évora do despacho proferido pelo juiz de instrução Carlos Alexandre. Iria ser transferido para casa, passando a estar em prisão domiciliária sem estar obrigado a usar pulseira eletrónica.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso

  • Sondagem: coligação volta a subir e PS a cair

    Um ponto percentual separa agora as duas forças. É a menor diferença registada desde que António Costa chegou à liderança do PS. Na popularidade, Passos regista saldo positivo. Não são boas notícias para o Largo do Rato