Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Costa: “O Governo desculpa-se com a Constituição e com o TC mas devia era acender-lhes uma velinha”

  • 333

FOTO NUNO BOTELHO

A reação foi rápida: assim que Passos terminou o discurso de apresentação do programa eleitoral da coligação, o líder do PS carregava no contra-ataque

Bernardo Ferrão

Bernardo Ferrão

Subdiretor da SIC

No dia em que a coligação apresentou o seu programa e o novo slogan de campanha “Agora Portugal pode mais”, António Costa fez questão de o corrigir: “A coligação devia era dizer ‘Agora Portugal deve mais’”, porque hoje o país tem uma dívida muito maior.

Em direto nas televisões, e reagindo segundos depois de Passos Coelho ter terminado o seu discurso, o líder socialista diz que não faz sentido que o Governo “se queixe da Constituição e do Tribunal Constitucional (TC)”. “Deviam era acender-lhes uma velinha, porque se a crise não foi mais profunda deve-se ao facto de o TC ter travado muitas medidas.”

Costa afirma que, por isso, o pior é que o Governo “não mostre arrependimento”. Devia “pedir desculpas aos portugueses”.