Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Bloco: “O governo envergonhou-nos nas últimas semanas. Felizmente não foi ouvido na Grécia”

  • 333

Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda, com a deputada Mariana Mortágua este sábado, numa manifestação de apoio à Grécia em Lisboa

João Relvas / Lusa

Porta-voz do Bloco reage aos primeiros resultados do referendo na Grécia, que dão vitória confortável ao “não”. Catarina Martins deixa críticas ao Executivo de Passos e diz que o referendo é um símbolo da luta contra a austeridade, em defesa da democracia

"O governo envergonhou" os portugueses nas últimas semanas. "Esteve sempre do lado do sistema financeiro e da Alemanha. Teve uma ação lamentável, mas felizmente não é ouvido na Grécia", disse Catarina Martins pelas 19h00 deste domingo, pouco depois de terem sido conhecidos os primeiros resultados do referendo.

Catarina Martins disse ainda que "o povo grego deu uma grande lição à Europa mostrando que entre a democracia e a chantagem escolhe a democracia, provando que é possível vencer o medo mesmo quando o BCE (Banco Central Europeu) obrigou ao fecho da banca na Grécia".

A porta-voz do Bloco de Esquerda diz que só fará comentários mais específicos sobre a vitória do "não" no primeiro referendo que a Grécia faz desde 1974 quando os resultados finais estiverem apurados.

Segundo as primeiras projeções, o "não" lidera com 60%. O Ministério do Interior grego já fez uma previsão oficial - 61% para o "não. 

 

Acompanhe AQUI o minuto a minuto das eleições gregas, com as jornalistas Cátia Bruno e Joana Pereira Bastos, enviada especial à Grécia