Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Passos reabre embaixada para colocar adjunto

  • 333

Chefe de Gabinete do PM vai para a Embaixada na UNESCO 
que tinha sido encerrada por Paulo Portas. Machete reabre 
Bruxelas e coloca chefe de Gabinete como cônsul em Paris

Bernardo Ferrão

Bernardo Ferrão

Subdiretor da SIC

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

O chefe de gabinete do primeiro-ministro, o diplomata Gilberto Jerónimo, vai ser colocado como embaixador na UNESCO em Paris depois de o atual Governo cessar funções. A embaixada de Portugal na Organização das Nações Unidas para a Educação e Cultura havia sido encerrada pelo então ministro dos Negócios Estrangeiros Paulo Portas no início de 2012, a pretexto de poupança de custos. A representação passou desde então a ser assegurada pelo embaixador na capital francesa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI