Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Miguel Macedo pode ser arguido no caso dos vistos gold

  • 333

Miguel A. Lopes / Lusa

O Ministério Público enviou um pedido à Assembleia da República para levantar a imunidade ao ex-ministro Miguel Macedo, avança este sábado o Diário de Notícias 

A solicitação foi realizada pelo juiz de instrução criminal Carlos Alexandre. O pedido do Ministério Público à Assembleia da República, para levantar a imunidade ao deputado e ex-ministro Miguel Macedo, tem o objetivo de o constituir arguido no âmbito do caso dos vistos gold. A notícia é avançada, este sábado, pelo Diário de Notícias.  

“Soube que deu entrada na Assembleia da República um pedido de levantamento da minha imunidade parlamentar para responder como arguido no processo”, disse Miguel Macedo ao mesmo jornal. Asssunção Esteves confirma ter recebido esse pedido, que foi reencaminhado para a comissão parlamentar de Ética. Uma decisão deverá ser tomada na próxima quarta-feira.  

Miguel Macedo é suspeito do crime de prevaricação de titular do cargo político, por alegadamente ter favorecido amigos, segundo o Ministério Público. Foi a polémica em torno dos vistos gold que levou o ex-ministro da Administração Interna a demitir-se, em novembro de 2014. 

A "Operação Labirinto", como ficou conhecida, levou ainda à detenção de 11 pessoas, entre elas altos cargos da Administração Pública, por alegada corrupção, prevaricação, abuso de poder e tráfico de influência relacionadas com a atribuição dos vistos gold.