Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Os motivos de Eanes para apoiar Nóvoa, que tem "boas qualidades de temperamento"

  • 333

Rui Ochôa

Ramalho Eanes marcou presença no teatro Rivoli, no Porto, na apresentação dos princípios da candidatura de Sampaio da Nóvoa. Considera que o candidato a Belém tem "uma superior inteligência" e "boas qualidades de temperamento". Nóvoa faz o pleno no apoio de três ex-Presidentes da República. 

O ex-presidente da República (PR) Ramalho Eanes viajou de carro de Lisboa até ao Porto para manifestar apoio ativo à candidatura de António Sampaio da Nóvoa e marcar presença na apresentação, esta segunda-feira, da carta de princípios da candidatura. Eanes sentou-se na primeira fila do teatro Rivoli, justificando o seu apoio pela "superior inteligência e carácter forte e bom" de Nóvoa, a quem reconhece "coragem intelectual e capacidade de decisão".

Esta apresentação da carta de compromissos foi momento foi mais emblemático da candidatura do ex-reitor da Universidade de Lisboa desde que lançou a sua candidatura há um mês, em Lisboa. Na altura, Nóvoa contou com a bênção de Mário Soares e Jorge Sampaio, dois ex-Presidentes da República socialistas.  Com a presença de Ramalho Eanes no Porto, Sampaio da Nóvoa comete a invulgar proeza de fazer o pleno nos ex-presidentes da República. Eanes encabeçara a comissão de honra da candidatura do atual PR, Cavaco Silva. 

O documento de Eanes
No Rivoli, Eanes remeteu para um documento que os seus serviços enviaram ao Expresso, no qual justifica a sua posição face às presidenciais e o seu apoio a Sampaio da Nóvoa. Eis, na íntegra, o documento de Eanes:

"Amigos, muitos, me aconselharam a não me intrometer nas próximas eleições, nas presidenciais nomeadamente. Considerando, porém, a minha idade, o estado do País e as minhas responsabilidades perante ele, entendi que deveria intervir. Decidi fazê-lo apoiando a candidatura de António Sampaio da Nóvoa à Presidência da República. E decidi apoiar Sampaio da Nóvoa porque dotado é, ele, de: 

Uma superior inteligência. Boas qualidades de temperamento (entre elas, a da coragem intelectual e a da capacidade de decisão). Um carácter forte e bom.

Decidi apoiar Sampaio da Nóvoa porque dotado é, ele, também, de uma cosmopolita e diversificada preparação académica, que bem lhe permite avaliar o mundo difícil em que vivemos, bem conhecer o País que fomos, o País que somos e o País que realisticamente podemos ser.

Apoio, também, Sampaio da Nóvoa porque: 

Mostrou saber, bem, liderar o governo de organizações complexas – como foi o caso da Universidade de Lisboa. 

Mostrou, na liderança desse governo, entender que exercer o poder é bem gerir o presente das instituições, não de forma estática, mas dinamicamente através da sua reforma deliberada, para serem futuro e, assim, melhor servirem o bem comum. Com esse entendimento, e com liderante propósito e trabalho se empenhou na fusão da Universidade de Lisboa e da Universidade Técnica de Lisboa, na génese da nova, grande ousada e ambiciosa Universidade de Lisboa. E, depois, concluída essa importante função, a liderança do governo da nova Universidade deixou, por razões de racionalidade, ao seu colega, que fora reitor da Universidade Técnica.

Apoio, ainda, Sampaio da Nóvoa porque sei que sente e sabe que 'os regimes políticos e até os sociais passam', como passam as ideologias que inspiraram e, mesmo, alimentaram. Enfim, porque sabe Sampaio da Nóvoa que ficam, e ficam sempre, a 'língua e a civilização', o patriotismo, o DEVER e a Honra que geram e alimentam".