Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Os motivos de Eanes para apoiar Nóvoa, que tem "boas qualidades de temperamento"

Rui Ochôa

Ramalho Eanes marcou presença no teatro Rivoli, no Porto, na apresentação dos princípios da candidatura de Sampaio da Nóvoa. Considera que o candidato a Belém tem "uma superior inteligência" e "boas qualidades de temperamento". Nóvoa faz o pleno no apoio de três ex-Presidentes da República. 

O ex-presidente da República (PR) Ramalho Eanes viajou de carro de Lisboa até ao Porto para manifestar apoio ativo à candidatura de António Sampaio da Nóvoa e marcar presença na apresentação, esta segunda-feira, da carta de princípios da candidatura. Eanes sentou-se na primeira fila do teatro Rivoli, justificando o seu apoio pela "superior inteligência e carácter forte e bom" de Nóvoa, a quem reconhece "coragem intelectual e capacidade de decisão".

Esta apresentação da carta de compromissos foi momento foi mais emblemático da candidatura do ex-reitor da Universidade de Lisboa desde que lançou a sua candidatura há um mês, em Lisboa. Na altura, Nóvoa contou com a bênção de Mário Soares e Jorge Sampaio, dois ex-Presidentes da República socialistas.  Com a presença de Ramalho Eanes no Porto, Sampaio da Nóvoa comete a invulgar proeza de fazer o pleno nos ex-presidentes da República. Eanes encabeçara a comissão de honra da candidatura do atual PR, Cavaco Silva. 

O documento de Eanes
No Rivoli, Eanes remeteu para um documento que os seus serviços enviaram ao Expresso, no qual justifica a sua posição face às presidenciais e o seu apoio a Sampaio da Nóvoa. Eis, na íntegra, o documento de Eanes:

"Amigos, muitos, me aconselharam a não me intrometer nas próximas eleições, nas presidenciais nomeadamente. Considerando, porém, a minha idade, o estado do País e as minhas responsabilidades perante ele, entendi que deveria intervir. Decidi fazê-lo apoiando a candidatura de António Sampaio da Nóvoa à Presidência da República. E decidi apoiar Sampaio da Nóvoa porque dotado é, ele, de: 

Uma superior inteligência. Boas qualidades de temperamento (entre elas, a da coragem intelectual e a da capacidade de decisão). Um carácter forte e bom.

Decidi apoiar Sampaio da Nóvoa porque dotado é, ele, também, de uma cosmopolita e diversificada preparação académica, que bem lhe permite avaliar o mundo difícil em que vivemos, bem conhecer o País que fomos, o País que somos e o País que realisticamente podemos ser.

Apoio, também, Sampaio da Nóvoa porque: 

Mostrou saber, bem, liderar o governo de organizações complexas – como foi o caso da Universidade de Lisboa. 

Mostrou, na liderança desse governo, entender que exercer o poder é bem gerir o presente das instituições, não de forma estática, mas dinamicamente através da sua reforma deliberada, para serem futuro e, assim, melhor servirem o bem comum. Com esse entendimento, e com liderante propósito e trabalho se empenhou na fusão da Universidade de Lisboa e da Universidade Técnica de Lisboa, na génese da nova, grande ousada e ambiciosa Universidade de Lisboa. E, depois, concluída essa importante função, a liderança do governo da nova Universidade deixou, por razões de racionalidade, ao seu colega, que fora reitor da Universidade Técnica.

Apoio, ainda, Sampaio da Nóvoa porque sei que sente e sabe que 'os regimes políticos e até os sociais passam', como passam as ideologias que inspiraram e, mesmo, alimentaram. Enfim, porque sabe Sampaio da Nóvoa que ficam, e ficam sempre, a 'língua e a civilização', o patriotismo, o DEVER e a Honra que geram e alimentam".