Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS quer travar a privatização da EGF e criar um Simplex do Ambiente

  • 333

Projeto de programa eleitoral do PS considera ilegal a privatização da empresa.

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

O PS propõe-se travar a privatização da empresa EGF (gestora de resíduos), cujo processo de venda se encontra em análise na Autoridade de Concorrência, por a considerar ilegal.

A medida, contida no projeto de programa eleitoral do partido, apresentado esta quarta-feira, ressalva todavia que ela só será levada a cabo se não implicar o pagamento de indemnizações ao concorrente escolhido pelo atual governo. 

De acordo com o programa, a medida justifica-se para inverter a excessiva concentração e "forte distorção da concorrência existentes no setor dos resíduos". 

O redimensionamento e reestruturação do Grupo Águas de Portugal é outra das promessas do programa na área do ambiente. 

Neste capítulo, o PS promete ainda criar um Simplex do Ambiente, para simplificar a articulação dos diversos regimes, e eliminar encargos burocráticos e criar um "Superfundo Ambiental", que concentre os diversos fundos existentes para obter maior capacidade financeira.