Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

PS promete financiamento plurianual ao ensino superior e mais 100 unidades de saúde familiar

  • 333

FOTO MARCOS BORGA

Partido diz que quer estabilidade no ensino superior e salvaguarda do Serviço Nacional de Saúde.

O PS promete no seu projeto de programa eleitoral, apresentado esta quarta-feira, criar 100 novas unidades de saúde familiar em quatro anos e conceder um financiamento plurianual "estável" às instituições de Ensino Superior.

Estas são duas das "21 causas" presentes no projeto de programa eleitoral dos socialistas, no caso medidas que se referem às áreas da educação e da saúde.

Na saúde, o PS apresenta como objetivo máximo "a defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS), repondo ao mesmo tempo "o equilíbrio no seu financiamento".

Como compromisso, os socialistas pretendem criar 100 novas unidades de saúde familiar nos próximos quatro anos, o equivalente a "um médico de família para mais meio milhão de portugueses".

No ponto dedicado às universidades e institutos politécnicos, o documento refere a intenção de um Governo socialista celebrar com estas instituições "um pacto de confiança, através de contratos para projetos institucionais com metas e objetivos".

Por esta via, segundo os socialistas, pretende-se assegurar que as instituições de Ensino Superior possam realizar "projetos de longo prazo com garantia de financiamento estável num ciclo plurianual".

Em matéria de combate ao insucesso escolar, no projeto de programa socialista prevê-se a diversificação da oferta formativa e a aposta no ensino profissional nas escolas públicas, em articulação com as empresas.

Para a educação de adultos e formação ao longo da vida, o PS quer criar "um programa de educação e formação de adultos assente na formação, reconhecimento e certificação de competências, tendo em conta as necessidades individuais dos formandos".