Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Governo prepara balanço: ''Pusemos em marcha o maior e mais ambicioso programa de reformas de décadas''

  • 333

FOTO JOSÉ SENA GOULÃO / LUSA

Executivo está a preparar um balanço exaustivo do que foi feito nestes quatro anos. O aperitivo está no portal do Governo. ''Os problemas que acumulámos não se compadecem com recuos nem ilusões."

'"Foi um período como nenhum outro, em que a par de uma estratégia para ultrapassar a emergência financeira, pusemos em marcha o maior e mais ambicioso programa de reformas para o país das últimas décadas." Assina: Pedro Passos Coelho. 

É o primeiro passo de um balanço exaustivo que o gabinete de Miguel Poiares Maduro está a preparar das reformas feitas nestes quatro anos e que ficará disponível no portal do Governo e para uso dos ministros e dos dois partidos da coligação durante toda a campanha eleitoral.

''Reformámos todas as grandes áreas da governação: da Justiça às Forças Armadas, da Concorrência à Educação, da Administração Pública aos Fundos Europeus, da Saúde à Fiscalidade'', lê-se na newsletter, onde o primeiro-ministro alerta que ''o ciclo de reformas que levámos a cabo não deve ser interrompido''.

 ''Muito trabalho foi feito mas ainda há muito por fazer'', acrescenta o texto, que deixa o aviso que vai atravessar todo o discurso político da maioria até outubro: ''Os problemas e desequilíbrios que se foram agravando ao longo de anos de passividade e negligência não se compadecem com recuos nem ilusões''.

São apontados três grandes objetivos: expandir as possibilidades de crescimento e criação de emprego; anular protecionismos na economia ''que favoreciam apenas alguns''; e abrir o país aos grandes desafios da globalização.

''Tudo isto exige que comecemos já a preparar um novo ciclo de reformas: inteligentes, coerentes e escrutináveis'', conclui a mensagem do primeiro-ministro. O reformismo da direita vai ser bandeira eleitoral.