Anterior
Nobel da Paz critica "atitude colonialista" no caso Assange
Seguinte
Furacão Gordon causa prejuízos na agricultura
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Polícia russa procura duas outras "Pussy Riot"

Polícia russa procura duas outras "Pussy Riot"

Autoridades russas emitiram mandado de captura contra outras duas raparigas da banda "Pussy Riot", que participaram na "oração punk" contra o Presidente Vladmir Putin.
agências |
Protesto a favor das "Pussy Riot", em Nova Iorque
Protesto a favor das "Pussy Riot", em Nova Iorque / Getty Images

Afinal não são três, mas cinco as integrantes do "Pussy Riot". Depois de terem detido e levado a julgamento três das cinco integrantes da banda punk-rock - que acabaram por ser condenadas na passada semana a dois anos de prisão por vandalismo e "incitamento ao ódio religioso"-, as autoridades russas estão agora a procurar outras duas cantoras do grupo, que estão a monte.

As duas raparigas - junto com Nadejda Tolokonnikova, de 22 anos, Ekaterina Samoutsevitch, de 29, e Maria Alekhina, de 24 -  partiparam, encapuzadas, na performance no dia 21 de fevereiro, no altar da catedral ortodoxa de Cristo-Redentor, em Moscovo, e cantaram a canção de protesto contra o Presidente russo Vladimir Putin. Se vierem a ser detidas, serão igualmente julgadas e, muito provavelmente, condenadas a penas de prisão.

Em declarações à France Press, um representante da polícia de Moscovo afirmou que "as operações de busca estão em curso".

Defesa vai apresentar recurso


Entretanto, a defesa das "Pussy Riot" entretanto condenadas vai recorrer da sentença, afirmou hoje o advogado das raparigas. Nikolái Pólozov ressaltou que ainda não recebeu a cópia da sentença, e que a partir do momento em que o documento estiver disponível, terá dez dias para apresentar o recurso.

As manifestações  contra a condenação das "Pussy Riot", considerada desproporcional, sucedem-se dentro e fora de Moscovo, e um pouco por todo o mundo, como se viu nos últimos dias em Nova Iorque, Milão, Warsaw (Polónia), Praga e México, entre outras cidades.

O MNE russo pediu para se evitar "histeria" em torno da banda.

 


Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 10 Comentar
ordenar por:
mais votados
!
Esta passou-se numa escola em Moscovo, há umas décadas, e foi verdade:
O professor:
- Meninos digam-me nomes de animais que voam;
- Um menino: o crocodilo;
- O crocodilo voa? Quem é que te disse?
- Foi o meu pai;
- O que faz o teu pai?
- É da KGB
- Estás certo. O crocodilo voa baixinho mas voa!!
Para além de se poder criticar a sentença
excessiva, temos que realçar outro excesso. Por todo o lado se vê o apoio a umas "malucas" que resolveram andar as pulos numa Catadral. Voltámos à guerra fria? A União sovietica já acabou meus caros...
Re: Para além de se poder criticar a sentença
Re: Para além de se poder criticar a sentença
Os ditadores são todos iguais
O ditador da Bielorrusia anda preocupado e obcecado com ursinhos de peluche , já Putin é com as Pussy Riot.

É uma vergonha que em pleno sec. XXI ainda haja ditadores vergonhosos e ridiculos destes na Europa e no mundo de maneira geral.
Re: Os ditadores são todos iguais
Re: Os ditadores são todos iguais
Putin
está se assegurando da eliminação de traidores no seu reino, antes de a Terceira Guerra Mundial começar ... Rio Grande
Viva!
E viva a democracia e a liberdade de expressão na Russia!
Re: Viva!
Comentários 10 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub