Siga-nos

Perfil

Expresso

A Beleza das Pequenas Coisas

Soraia Chaves: “Uma mulher que fale abertamente sobre a sua sexualidade ainda é vista como a Eva, a pecadora, a origem do mal…”

Ela é a mulher-desejo do cinema português. Foi a tentadora Amélia no filme “O Crime do Padre Amaro”, a manipuladora Maria, em “Call Girl”, ou a extravagante e erótica Maria Emília, em “A Vida Privada de Salazar”. Nesta conversa a atriz assume ter sido confundida com a personagem Maria, uma prostituta de luxo, quando tentou a sua sorte junto de agentes, produtores e realizadores, em Los Angeles, nos EUA. “Disseram-me que o ideal era beber um copo, jantar e seduzir os realizadores. Fiquei tão chocada com aquilo que me vim embora. E não me deixou vontade de lá voltar”, confessa pela primeira vez em público. Vencedora de um Globo de Ouro, Soraia Chaves acaba de dar corpo à desassombrada poetisa Natália Correia na série “Três Mulheres”, da RTP1, e está prestes a protagonizar a nova telenovela da SIC. Ainda se surpreende como as pessoas criam tanta discussão e assunto acerca das cenas de nudez. “A exposição da alma é bem mais generosa e difícil do que a exposição de um corpo.” Para ouvir neste episódio do podcast “A Beleza das Pequenas Coisas”

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

Entrevista

Jornalista

João Santos Duarte

João Santos Duarte

Edição

Jornalista

Mário Henriques

Ilustração

Assinar no iTunes: http://apple.co/2mCAbq2
Assinar no Soundcloud: http://bit.ly/2nMRpRL
Se usar Android, basta pesquisar A Beleza das Pequenas Coisas na sua aplicação.

Ainda neste episódio pode ouvir a rubrica “Eu não sou de intrigas, mas...”, onde sugerimos mais dois podcasts que andam no nosso ouvido.

E, como já é hábito, no final pode conhecer mais um testemunho da rubrica “Toda a Gente Tem Uma História”. Desta vez quem nos conta é o Marcos Melo, que nos fala sobre a perda do seu melhor amigo.

Este é um convite que lançamos semanalmente aos ouvintes para que nos contem também as suas experiências e relatos, maiores do que a vida, ou tão simples como ela pode ser.

Podem ainda gravar um áudio comentando os episódios que mais gostaram e as vossas razões.

Enviem-nos os vossos textos e áudios, comentários e sugestões, para: abelezadaspequenascoisas@impresa.pt

Até para a semana, e boas conversas!