Siga-nos

Perfil

Expresso

A Beleza das Pequenas Coisas

Duas limonadas e uma conversa íntima com Xana, a musa do rock português

  • 333

O que vai ouvir é a história de Xana, a primeira rocker portuguesa que encantou o país nos anos 80, com os Rádio Macau. Aos 15 anos já morava sozinha e vivia a vida num só dia na companhia dos amigos com quem cantava. Quis ser cientista e astronauta, mas logo aos 18 anos gravou o primeiro disco tornando-se uma verdadeira rock star. Xana serve duas limonadas na sala de sua casa e fala-nos não só de música, como de filosofia, da paz que alcançou e do seu crescente fascínio pelos seres humanos. “Gosto cada vez mais das pessoas.” Oiçam-na neste episódio do podcast “A Beleza das Pequenas Coisas”

Bernardo Mendonça

Bernardo Mendonça

Entrevista e ilustração

Jornalista

João Santos Duarte

João Santos Duarte

Edição sonora

Jornalista

Carlos Paes

Carlos Paes

Grafismo animado

Infografia

Há uma gata branca com olhos de Bowie que nos cumprimenta à porta do apartamento. Nessa tarde estava um calor de ananases. Que ainda ficou mais abafada porque fechámos as janelas da sala para que o som dos carros não atropelasse a nossa conversa. Entre cigarros e duas limonadas frescas, preparadas e gentilmente servidas por Xana, estivemos uma hora a desvelar a história da maior rocker portuguesa que se deixou tomar pela filosofia e pelo gozo do pensamento e da especulação sobre a vida. Acaba de se doutorar com a tese “A Vertigem da Existência” e prepara-se para novo capítulo. Qual? É o mistério da sua existência. Ao todo os Rádio Macau gravaram oito discos. O último - “Oito” – foi gravado precisamente há 8 anos. Para quando um regresso dos Rádio Macau? “Não sei, é imprevisível. O real é o que não se espera, nem há lugar para o esperar.. Nada está determinado. Tudo pode acontecer. A vontade não se perdeu. Não estou zangada com a música, muito menos com os Rádio Macau. Continuam a ser os meus melhores amigos, são meus irmãos, tenho com eles uma relação fraterna. Mas agora as coisas ainda estão assim...”

Neste episódio estão inúmeras revelações e reflexões e, como não podia deixar de ser, música, muita música dos Rádio Macau, como alguns inéditos ou raridades da banda, incluídos no álbum “Space Monster”, editado pela Blitz. E depois há os clássicos que tantas vezes já dançámos. Como o “Anzol” ou “Elevador da Glória”. Há 33 anos, Alexandra Margarida Moreira Carmo subiu pela primeira vez a palco apresentando-se para o mundo como Xana. A Xana dos Rádio Macau. Agora apresenta-se como uma mulher determinada a realizar todos os projectos que lhe fizeram sentido. Desde que haja amor e vontade. O que a idade lhe tem ensinado? “Ensinou-me a ser mais tolerante. Não sou tão impulsiva. E gosto cada vez mais das pessoas. Acho que os seres humanos têm graça, com os seus disparates e loucura! Se fosse ET estava a olhar para a humanidade e achar-nos com graça. Somos seres criadores incríveis.”

Para ouvir este episódio, basta clicar na seta que se encontra no topo deste texto ou descarregar no iTunes ou Soundcloud.

O programa “A Beleza das Pequenas Coisas” conta com música dos Budda Power Blues.