14
Anterior
Acorda e reage, Portugal!
Seguinte
Passos Coelho mentiu descaradamente
Página Inicial   >  Blogues  >  100 reféns  >   Planeta Terra chama Cavaco Silva

Planeta Terra chama Cavaco Silva

|

Aníbal Cavaco Silva traz-me recordações da minha professora primária. A forma como esta tratava a turma é em tudo semelhante à forma como a sociedade em geral tem de lidar com o Presidente da República. Caldos e safanões. Acorde Aníbal, acorde. Olhe bem à sua volta. O que vê?

Lembro-me vagamente do meu colega de carteira ter o hábito, nada apreciado, de adormecer durante as aulas com a testa mergulhada nas canetas de feltro. A solução era quase sempre a mesma - ou a vara a descer-lhe com força no meio da cabeça, tipo chicote, ou o calduço (também conhecido por CACHAÇÃO ou CALDO)bem aplicados na nuca, que depressa avermelhava. Em último caso - o safanão demolidor. O desgraçado acordava estremunhado na cadeira, com o arco-íris desenhado na cara e a dizer coisas sem nexo.

Com o Presidente da República a coisa passa-se mais ou menos da mesma forma. Habitante do planeta CAVAVUS, na distante galáxia de BE-ALÉM, raramente de lá sai. É o seu porto de abrigo. O oxigénio é pouco e este opta pela poupança, não vá a coisa esgotar-se, como a parca reforma. Quando intervém não acrescenta absolutamente nada e só quando a sua inação se torna insustentável decide dizer qualquer coisa.

Normalmente debita coisas estéreis que não produzem qualquer efeito prático. Zero. Linhas de orientação que podiam ter sido tiradas de uma qualquer fascículo de autoajuda do Reader´s Digest. O governo finge ouvir atentamente, faz o frete, e depois faz o que bem lhe apetecer. Ou seja, precisamente o contrário, demonstrando não ter qualquer respeito ou especial deferência. Em termos de ver as suas recomendações serem escutadas ou seguidas, a figura do Presidente é uma verdadeira nulidade democrática. A sexta-feira passada é um bom exemplo. Passos atropelou Cavaco.

Ora isto não seria grave não fosse este a figura máxima do regime, o garante da democracia. O único representante eleito diretamente pelos cidadãos, devendo-lhes por isso bem mais do que qualquer outro. E o que se está a passar neste país deveria ser razão mais do que suficiente para que Cavaco Silva se comportasse como o cargo lhe exigiria. Mas não, mais um vez opta pela atitude estranha de compactuar com tudo o que de mal se está a fazer ao país e seu povo, aceitando a degradação social, moral e da economia. Consentindo a vergonha da austeridade cega e o impacto desta e de medidas imorais na vida de milhões. Um silêncio comprometedor, conivente e inquietante. Este país merecia muito mais do que este triste e vazio Presidente. Este país merecia ter um Presidente da República.

 

Acompanhe o 100 Reféns no Facebook

Na página oficial do 100 Reféns no Facebook juntam-se pessoas que gostam e que não gostam, que odeiam e que adoram, que veneram e que detestam, mas que não são indiferentes a este blogue do Expresso. Dê um passo e junte-se a nós.

Clique no link para aceder à página do 100 Reféns no Facebook .



Opinião


Multimédia

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 14 Comentar
ordenar por:
mais votados
Demolidor!

Também poderíamos comprar a versão Marcelo: não fazemos a ideia de quanto Cavaco Silva se mexe nos bastidores (por ser este o estilo dele).

Só que esta versão também não abona nada. Entre um velhinho "simpático" a gozar o pináculo da sua ambição nas nuvens, como recompensa pela sua carreira (como o Tiago o pinta), e alguém que incansavelmente estaria a trabalhar nos bastidores para obter... "estes" resultados, com o agravante de não sabermos nada destes esforços, exceto o facto dele contraditoriamente tolerar neste governo muito mais do que o que o levou a minar abaixo o anterior...

...Venha o diabo e escolha o que o faz parecer pior.

PS.: Senhor Presidente, não se esqueça que é o nosso representante máximo... se discorda do que o governo faz, e nisso estiver em sintonia com o país, não se deveria separar dele. O senhor não é um conselheiro, é o presidente!

Os partidos da oposição gostavam de brincar aos governos sombra para amostrarem como deveria ser a governação. Será possível que também devamos brincar ao presidente sombra?
No planeta Cavacus
No planeta CAVACUS não se passa nada, desde que para o presidente Cavaco e para a sua Maria esteja garantida a paz e sossego no remanso do lar conjugal, importa é que não lhe falte o mordomo e a comidinha na mesa, o resto são brados de burro, não chegam ao alto do seu trono imperial. Se assim não fosse, já tinha mandado para Massamá, para tratar dos periquitos, o seu amigo Passos e impediria o companheiro, não da Universidade, Relvas de regressar do Brasil, condenava-o ao exílio, perpétuo.
ÚLTIMA HORA ...
Robot Curiosity encontra vestígios de vida em Marte ...

A prova é esta comunicação interceptada pelo Robot Curiosity
...

- Alô Terra ... alô Terra ... daqui Cavaco ... está tudo bem por aí ? ...

Até os cientistas da NASA se interrogam ...

Quem é o Cavaco ? ...
Cavaco: hoje vê-se que quis o poder, empenhada/.
Não esquecer que Cavaco não é apenas conivente!

Ele é um dos que tem mais responsabilidade na nossa situação, porque sendo 1º-M. durante os 10 anos mais 'gordos' de Portugal, pouco fez para deixar leis e regras que de forma segura (ia dizer hermética) evitasse que qualquer político aventureiro que surgisse no horizonte governativo, pudesse fazer as 'cavaladas' que foram feitas.

E nisso Cavaco Silva tem muita responsabilidade.

Re: Cavaco: hoje vê-se que quis o poder, empenhada
Re: Cavaco: hoje vê-se que quis o poder, empenhada
Cavaco deve exigir a cabeça do Gaspar
Cavaco Silva só tem uma coisa a fazer se não quiser alinhar no último comboio para o buraco , conduzido pelo ministro das finanças.

Exigir a cabeça do ministro das finanças Vitor Gaspar , que já se viu não tem mãos para isto , pode ser muito bom em termos de finanças , mas deixa muito a desejar em termos economicos , já que não consegue antecipar qualquer cenário , nem macro , nem micro.
Porquê essa indignação?
O Sampaio também foi mudo entre 1996-2002 e 2004-2006, e apenas teve uma recaída entre 2002-2004 em que falou que se fartou!

Claro que é apenas uma mera coincidência, os facto dos períodos de mudez terem coincidido com os governos do seu próprio partido!
Espera sentado, Mesquita!
Bem podes esperar sentado, que o Silva de Boliqueime se limita a contar os dias que faltam para receber a pensão vitalícia e o carro com Chauffeur!
E, seguindo a analogia, pergunto eu...
... se o colega de carteira do Tiago tivesse participado no grupinho que entupiu a sanita da casa de banho das meninas, e visse a professora de cabelos em pé e palmatória na mão, o que faria ele? Se calhar, era mais uma boa oportunidade para enfiar os pensamentos nas canetas de feltro, não...?
...
É o destino de um povo que está em jogo!
Mas pela entrevista do Ministro não podemos contar com ele ... a porta da esperança parece ter morrido ali!

O que mais me vem à lembrança é um discurso que ele fez aos Portugueses sobre os Açores ... tal era a urgência que ninguém percebeu nada... e agora que as pessoas precisavam de uma palavra sobre toda esta má comunicação ... confusão ... não aparece!

Mas... para mim não é novidade ... tudo tem sido aprovado mesmo que seja inconstitucional ou dicotómico!
   
Um presidente não é mais do que um simbolo!
Foi com cavaco, que eu pensei, para que serve então um presidente da republica?(não age, compactua com tudo)Cavaco não resolve, não aplica os seus conhecimentos, não se envolve, apenas discursa para dizer "eu já tinha avisado que isto podia acontecer", e deixa acontecer o pior sem nada fazer, porque é o exemplo de uma pessoa, cheia de "procedimentos" que não dão nada ao país (não fala porque não é o momento, não intervém porque é uma questão do governo, não age porque não é ao tempo indicado).Vetou a questão do casamento homossexual, porque interferiu com os seus principios, agora vemos , que quem nos dera que o nosso maior problema fossem os casamentos homosexuais.Um presidente é uma figura de representação do nosso país, logo não é preciso termos ama pessoa 24 horas por dia a receber dinheiro do estado + as despesas que toda a maquina presidêncial (palacio, pessoal,carros, água, luz, gás,etc), pois não precisamos da sua função todo ano. Por isso penso que a questão do presidente tem que ser alterada, porque é uma figura na pratica inutil, mas que nos gasta imenso dinheiro.
Cavaco não volta à Terra. Quem é o próximo PR ?
O próximo PR é de esquerda. Isso sabemos. Não sabemos é quem é.

Mas curiosamente, sabemos algo sobre ele. É que tanto faz ser uma figura do regime, como alguém que nunca fez nada na vida, vai ganhar sem sequer levantar o c* da cadeira para ter de fazer um comício.

Pode agradecer a Cavaco, o pior PR desde '74. Pior que isso, foi o pior (PR+PM) desde '74. Acho que até o Santana foi melhor PM do que Cavaco PR. Que triste. E andei eu em '87 de bandeira na mão.

Aceitam-se apostas.

Ferro Rodrigues ?
António Costa ?
Durão Barroso ? Este talvez gostasse de ser, mas não tem chance. Lembrar-nos-emos sempre da fuga. E é PSD.
Marcelo ? Não, É o rei da Fundação da Casa de Bragança, porque percebeu que iria sempre perder 2016 e aceitou o cargo vitalício. E é PSD.
Santana Lopes ? Esse quer ser e vai tentar. Mas é PSD.
Paulo Portas ? Esse quer ser e vai tentar. Mas é CDS, e larga o ministério tarde demais. Só se sair antes. Talvez empurrado.

Mais ideias ?

Cavaco vs. Tuga
Pois eu não encontro diferença entre o Cavaco e o tipíco TUGA.
Comentários 14 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub