101
Anterior
Provedor manda para o TC lei da cédula marítima
Seguinte
Açores: mau tempo até ao início da madrugada
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Pingo Doce insiste nos 50%

Pingo Doce insiste nos 50%

Cadeia de supermercados da Jerónimo Martins vai "atacar" o mercado com nova promoção. É outra vez por metade, mas desta feita a oferta é diferente.
|
No dia 1 de maio, a corrida aos supermercados do Pingo Doce tornou-se um acontecimento nacional
No dia 1 de maio, a corrida aos supermercados do Pingo Doce tornou-se um acontecimento nacional / Paulo Novais/Lusa

O Pingo Doce vai voltar à promoção dos 50%, mas desta vez de uma forma diferente. Nas próximas quinta e sexta-feiras, bem como no fim de semana, o cliente poderá comprar um produto a metade do preço.

Mas nesta promoção, além de só se poder adquirir uma certa quantidade (ainda a definir) do produto em causa, o desconto só será efetuado se o cliente fizer outras compras que atinjam um total de 20 euros.

Tal como quando da iniciativa de 1 de maio, o Pingo Doce não está a publicitar a nova promoção nos meios habituais. A cadeia de supermercados conta que, como da última vez, se espalhe a notícia boca a boca e por SMS. 

Após a promoção do 1.º de maio, o presidente do grupo Jerónimo Martins afirmou que não sabia da iniciativa mas que esta não voltaria a repetir-se. Todavia, Alexandre Soares dos Santos frisou que o Pingo Doce iria continuar com um politica agressiva de vendas.

Acontecimento nacional


A iniciativa dos 50% transformou-se rapidamente num acontecimento nacional, noticado ao longo de vários dias. Os supermercados encheram-se por todo o país e só nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto a PSP registou 40 ocorrências, tendo uma resultado em dois feridos.

Nesse 1.º de maio, além do grupo Jerónimo Martins e dos consumidores que fizeram compras, houve mais quem ganhasse com o negócio. Aconteceu, pelo menos que o Expresso saiba, na loja do Forum Sintra: clientes açambarcaram carrinhos de compras para depois os "passar" a dez euros cada.


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 101 Comentar
ordenar por:
mais votados
Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
« Pingo Doce insiste nos 50% »

Será que agora os críticos vão dizer que é uma injustiça a promoção se limitar apenas a um produto?

Vamos lá, caríssimos críticos do Pingo Doce, digam de vossa justiça!
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
divulguem chega de jovens A VOAR DAS VARANDAS
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Descontando a generalização, a razão pela qual...
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
OS SUBSIDIOS SÃO PARA NÃO PRODUZIR.
Re: OS SUBSIDIOS SÃO PARA NÃO PRODUZIR.
2 errados não fazem 1 certo
A terminar....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
Enganei-me a seu respeito
Re: Enganei-me a seu respeito
Eu não preciso de provar que a JM tem os seus
Re: Eu não preciso de provar que a JM tem os seus
Re: Os caríssimos já se terão interrogado....
É curioso que se mencione as cotações da JM como
Re: É curioso que se mencione as cotações da JM co
Re:CRITICAR OS CRÍTICOS
Re: Re:CRITICAR OS CRÍTICOS
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
Re: Pingo Doce, limita a promoção a 1 produto
DONA AMÉLIA E SR. ANÍBAL ...
- " Oh Aníbal ... são ...portantos ... 9 WC Pato's ... e uma embalagem de duas postas de bacalhau ... e o desconto é sobre o bacalhau ?"

- " Não Amélinha ... são 6 embalagens de duas postas de bacalhau ... e 1 WC Pato ... e sim ... o desconto é sobre o bacalhau ... Para que é que querias tanto WC Pato ?"

- Olha que houve gente que para aproveitar os últimos 50% e como já não havia mais nada levou o WC Pato e acabou a barrar o WC Pato nas torradas ... mas está bem Aníbal ... compreendi-te ... vou desligar ... já não faltava faltar dinheiro para o governo da casa ... e ainda mais estas complicações ..." - disse Dona Amélia ...
Noticia com barbas
Já na semana passada comprei dois coelhos pelo preço de um.
Mas na realidade a senhora pesou os dois e só marcou o mais leve, pelo que a promoção foi acima dos 50%!

Chamem a ASAE!
Re: Devia ser o coelho de Massama
Re: Devia ser o coelho de Massama
Re: Devia ser o coelho de Massama
Re: Devia ser o coelho de Massama
Re: Noticia com barbas
Re: Noticia com barbas
Re: Noticia com barbas
Re: Noticia com barbas
O povo agradece, como agadeceu as lojas dos 300.
Sinal dos tempos,o fornecedor por portas travessas é que paga.A grande distribuição conseguiu ter o monopolio da destribuição , levou à falência do supermercados, dos pequenos produtores e agora fazem o que querem dos fornecedores afectos à grande distribuição.A unica diferença é que as mercearias e os fornecedores não devem milhões á banca,e se a crise continuar,como está á vista de todos só têm de esperar que estes senhores caiam de maduros,pois as acções destes grupos descem todos os dias e a divida continua por pagar.
Re: O povo agradece, como agadeceu as lojas dos 30
Re: O povo agradece, como agadeceu as lojas dos 30
Re: O povo agradece, como agadeceu as lojas dos 30
Viva Pingo Doce!
Desde que vivo en Portugal compro en Pingo Doce. Aproveché la gran oferta del 1 de mayo, y me han parecido ridículas todas las críticas, en espeical del BE y PCP, quienes se creen dueños de ese día, cuando no lo son. Aprovecharé de nuevo las ofertas. Yo apoyo a Jerónimo Martins. Gente como él es lo que necesita Portugal. De todas todas. ¡Bravo!
Os nazis do pingo doce
Esse fascista da Jerónimo Martins, a fazer promoções. Raios o partam.

O bom do portuguesinho, sempre com o chico espertismo em riste, vai ao pingo doce para aproveitar os preços baixos, anda ao sopapo, aos safanões, às turras com o chico esperto ao lado. O choque de falta de civismo cria uma batalha física e verbal por esses pingos doces afora.
De quem é a culpa? Dos chicos espertos? Nada disso: a culpa é do fascista que fez a promoção.

Se somos um povo de brandos costumes? Não sei. Mas que somos um povo de eleitores com a inteligência de um calhau, disso não tenho a menor dúvida.
Re: Os nazis do pingo doce
Re: Os nazis do pingo doce
Re: Os nazis do pingo doce
Re: Os nazis do pingo doce
sabe que chamar nazi é crime?
É tudo uma questão de grau de responsabilidade.
Re: É tudo uma questão de grau de responsabilidade
Venham elas!
E já agora, que façam publicidade na TV.

Assim, todos os portugueses poderão aproveitar...
Re: Venham elas!
O tio Belmiro anda muito caladinho
Insiste naqueles ridículos descontos em cartão e na mesma treta de km de prateleiras cheias da mesma marca (normalmente de baixa qualidade).

Confesso que prefiro o Pingo Doce ao Continente, o grupo JM tem visão suficiente para perceber que o cliente pode gostar de várias marcas.

O tio Belmiro, esse, acha que pode impingir qualquer coisa desde que lhe dê lucro, e se o cliente nem aprecia lavar os dentes com Colgate, azarucho, é disso que há e mais nada!

A qualidade dos frescos então...brada aos céus! E o raio do homem nem diversifica para o cliente poder escolher. Ao menos no Pingo Doce sempre se descobrem umas maças que não sabem a plástico.

Depois do golpe da JM, o Continente quer resolver a disputa com promoções tipo "pague agora e da próxima logo lhe damos o descontinho"?

Re: O tio Belmiro anda muito caladinho
raios parta
este povo estupido. a galp tem posiçao dominante na distribuiçao de combustivel, a edp é a pouca vergonha que se sabe com os custos de renovaveis, e vêm para aqui atacar o pingo doce? atacá-lo por oferecer descontos? e nenhum destes iluminados se lembrou de se manifestar quando a divida publica subia em flecha?? nem com o medina carreira há anos a explicar tudo em desenhos? gente estupida porra
FALTA DE ÉTICA.
Ás promoções do Pingo Doce, atribuam-lhe os méritos que quiserem, mas para im, o Sr. Alenxandre dos Santos não passa de um boçal mal educado, explorador, e sem escrúpulos.

Se bem que ele se tenha fartado de afirmar que não são os fornecedores que vão pagar a campanha, ou as campanhas, mas o certo é que isso fica muito mal explicado.

Segundo tenho ouvido dizer e julgo saber, aos fornecedores, quando entram para as grandes superfícies, julgando que lhes saiu a sorte grande, é-lhes enfiado no pescoço um baraço com um nó corredio, que é apertado e puxado na altura certa para os matar. Isto é feito depois de os ter na mão com exigências e mais exigências que eles começam a não poder cumprir até acabar com eles.

Então em vez de fazer estas camapnhas bombásticas, porque não baixam os preços a todo o tempo, quando isto veio provar que o podem fazer? E a prova é que, fazendo um desconto de 50%, só encontraram dumping em dois ou três produtos. E pergunta-se: então quanto ganham, e com que margem de lucro marcam os produtos? Só pode haver uma resposta! Um exagero!

Ainda há dias mostraram uma reportagem na TV, em que eram entrevistados produtores de alface, que declaravam que as enviavam para as grandes superfícies sem preço, e eles pagavam o que queriam, 25 ou 35 cêntimos o quilo, e vendem-nas a um euro e tal, vejam a margem de lucro.

São uns grandes beneméritos, os Sr.s Alexandres dos Santos e outros que tais.
Vão chover...
... críticas a esta promoção, então agora - como ontem foi divulgada em reportagem televisiva - que se sabe que o Pingo Doce ofereceu quase 600 mil euros de produtos a organizações que apoiam necessitados. Não se faz!
Re: Vão chover... CRITICAS
Re: Vão chover... CRITICAS
Re: Vão chover... CRITICAS
Re: Vão chover... CRITICAS
Re: Vão chover... CRITICAS
Re: Vão chover... CRITICAS
MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
De louvar estas promoções...
E quem ataca este grupo é como sempre o mesmo, aquele que não gosta da grande distribuição, aquele que acha que devíamos viver das lojas de rua aquele que pensa que os carros ainda podem andar a vapor, aquele que sonha com ESTALINE.
O português só tem um inimigo como alguém dizia. O maior inimigo do português é o próprio.
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Re: MUITO BEM GRUPO JERÓNIMO MARTINS
Vou já para lá
Espero que a ASAE fiscalize a qualidade do produto e que os produtores não sejam obrigados a baixar os preços de fornecimento.
E não digo mais, porque vou pegar no saco cama e vou para a porta do PIngo Doce.
Re: Vou já para lá
Campanha
Portem-se bem porque senão chamam o "espião" e vai tudo corrido ao sopapo.
vou ao continente
Pronto lá vou eu ter de ir outra vez ao Continente comprar pão....
Re: vou ao continente
Comentários 101 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub