Anterior
UE está a ajudar Espanha
Seguinte
Encarecimento da dívida "não está justificado"
Página Inicial   >  Economia  >   Pilotos reclamam €400 milhões à TAP (vídeo)

Pilotos reclamam €400 milhões à TAP (vídeo)

Um vídeo que está a circular nas redes sociais recorda o acordo que o sindicato dos pilotos assinou com o Governo em 1999 e que estabelecia que estes tomassem uma participação na TAP
|

No fim da semana em que anunciaram a convocação de greve - de 9 a 12 de dezembro e 3 a 6 de Janeiro de 2012 - os pilotos da TAP fazem circular pelas redes sociais um vídeo que pretende explicar as razões da contestação.

No vídeo, os pilotos contabilizam €400 milhões em cedências de produtividade e remunerações não pagas e recordam o acordo que assinaram com o Governo em 1999 e que previa a troca de um aumento salarial por uma participação entre 10% a 20% na transportadora privatizada e de um lugar no conselho de administraç

ão.

A TAP já anunciou que apenas se pronunciará sobre a paralização quando receber o pré-aviso de greve por parte do Sindicato Nacional dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC).



Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 15 Comentar
ordenar por:
mais votados
Pilotos, devem pagar os prejuízos,antes de receber
O prejuízo que estes mimados pilotos já provocaram, devia ser contabilizado para que eles pagasse agora.

Não é possível uma classe profissional só saber coçar para dentro, sem que ninguém os responsabilize.

Se lhes devem dinheiro, há que pagar; mas não se esqueçam de contabilizar os prejuízos que eles provocaram no passado, e que fomos nós, com os nossos impostos, que pagamos.

Amor com amor se paga! É uma questão de Justiça.
Re: Pilotos, devem pagar os prejuízos,antes de rec
Re: Pilotos, devem pagar os prejuízos,antes de rec
Até onde vai a hipocrisia sindical...
Os mais bem pagos pilotos da Europa atrevem-se a exigir ainda mais salário e regalias.

Se fossem homens a sério trabalhavam e estavam quietinhos face ao que auferem ao fim do mês.

Bastava ter em conta os salários da restante população portuguesa.

Mas com esta greve vê-se a fibra destes homenzinhos.. não há responsabilidade, ética ou sequer respeito pelos demais Portugueses e pelo País.
Isto só me faz lembrar
aquele dito magnífico que reza que "estávamos à beira do abismo mas demos um passo em frente"!
Re: Isto só me faz lembrar
Dêem-lhes ...
...10% a 20% na transportadora privatizada e um lugar no Conselho de Administração e vão ver que nunca mais há greves ... estão a fazer o possível para que a TAP seja vendida em Saldo
Re: Dêem-lhes ...
Os pilotos da TAP...
Não passam de oportunistas que a meu ver deviam levar
alguns deles um chuto no traseiro e postos a andar sem qualquer tipo de indemnização.
Portugal está pobre mas os ladrões são cada vez mais....
Governo deve pedir insolvencia
Se não conseguir vender o governo deve fechar a porcaria da TAP que nos suga até ao tutano

FECHAR FECHAR
Nunca houve uma classe profissional...
...tão priviligiada quantos os pilotos da TAP.

  • Ordenados monstros
  • mordomias até dizer chega
  • horário de trabalho que não existem
  • viagens pagas para sempre para todo o lado
  • fardas, estadias, deslocação tudo pago
  • reconhecimento a todos os niveis na sociedade
  • nunca tiverem um problema laboral de falta de emprego
  • nos ultimos 10 anos , os outros trabalhadores da TAP, não tiveram aumento...eles provavelmente duplicaram.

    Que argumentos pode ter esta classe para se comportar deste modo ?

    Sabem eles os sacrificios que se está a pedir aos outros portugueses ?

    Sabem eles que existem pessoas que estão a passar fome ?

    Quem julgam eles que são ? O video que criaram faz lembrar os argumentos comunistas , mas sendo eles todos fascistas como é que o argumento cola ?

    Pode ser que não tenham tanta sorte com este governo, como com os governos de meninos de coro anteriores.

    Não se podem dizer que seja um escandalo, trata-se mais de Ganância!

    ..e quem tudo quer tudo perde !!!

  • TAP aí meu
    Isto é caso para perguntar, quem é que neste momento não tem 400 milhões para lhes dar? Quem?
    TAP
    De repente aparece esta notícia na qual foi assinado um acordo com os pilotos no qual seria distribuido 10 a 20% da TAP em caso de privatização...

    Alegadamente tudo isto aconteceu em 1999 no Governo Guterres, seria interessante chamar os anteriores responsáveis para esclarecer toda esta situação.

    Se isto se confirmar é mais um esqueleto escondido no armário.......

    Não nos alonguemos ...
    O Governo deveria dar a possibilidade no processo de privatização da TAP/PGA a todos os trabalhadores de poderem subscrever sem limite até 10% do capital, com rateio entre os trabalhadores se fôr ultrapassado aquele patamar.
    Mas por favor façam-no já e privatizem a TAP o mais depressa possível com uma única condição imprescindível: a de o controle acccionista maioritário se comprometer em manter o "hub" da TAP/PGA em Lisboa e de transferir toda a manutenção das companhias para Beja.

     
    Até quando?
    Quando será que os pilotos grevistas se darão conta de que não são "bem quistos" pela maioria dos portugueses?
    Comentários 15 Comentar

    Últimas

    Ver mais

    Edição Diária 17.Abr.2014

    Leia no seu telemóvel, tablet e computador
    PUBLICIDADE

    Pub