18 de abril de 2014 às 0:59
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Piloto morre ao combater incêndio em Valência

Piloto morre ao combater incêndio em Valência

Os fogos de Cortes de PallásAndilla, em Valência, devastaram 50 mil hectares. Dois aviões que combatiam as chamas caíram.

Carolina Reis (www.expresso.pt)

Um piloto das Brigadas de Reforço de Incêndios Florestais morreu ontem quando o avião em que combatia o fogo de Cortes de Pallás caiu.

Cerca de 30 minutos depois, o Centro de Coordenação de Urgências comunicou a queda de outro avião. Este acidente não fez mortos, mas um dos tripulantes está em estado grave, com múltiplos traumatismos.

Os incêndios em Cortes de Pallás e Andilla, em Valência, começaram no fim da semana passada e devastaram 50 mil hectares. Ao jornal espanhol "El País", Serafín Castellano, conselheiro de governação na região, garantiu que os fogos já estabilizaram.

Segundo o mesmo jornal, os bombeiros de Valência estimam que o fogo de Cortes de Pallás consumiu cerca de 30 mil hectares e o de Andilla quase 20 mil.

O incêndio de Cortes de Pallás, que deflagrou sexta-feira, foi provocado pela negligência de operários fabris quando estavam a soldar placas solares. Já o fogo de Andilla, que deflagrou quinta-feira, foi provocado por queimadas agrícolas.   

 

 

 


Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub