Anterior
Tottenham decidido a contratar André Villas-Boas
Seguinte
Secretária de Pereira Cristóvão constituída arguida
Página Inicial   >  Desporto  >   Pereira Cristóvão: "Nunca desviei dinheiro do Sporting. E em 15 meses recebi zero!"

Pereira Cristóvão: "Nunca desviei dinheiro do Sporting. E em 15 meses recebi zero!"

Vice-presidente do Sporting recusa todas as acusações, desmente casos de espionagem e diz ter "envolvimento zero no ridículo caso Cardinal".

|
Paulo Pereira Cristovão defendeu-se dos crimes de que é acusado
Paulo Pereira Cristovão defendeu-se dos crimes de que é acusado / José Sena Goulão/Lusa

Paulo Pereira Cristóvão deu a primeira entrevista depois de ter sido indiciado da prática de cinco crimes e duas palavras imperaram no discurso: não e nunca. "Nunca desviei dinheiro do Sporting para mim nem nunca cometi qualquer irregularidade. E não, em 15 meses recebi zero do clube, direta ou indiretamente", destacou à TVI. 

Sublinhando "a tentativa de assassinato público" (a si e ao próprio clube), o ex-dirigente deixou várias vezes frases no ar que apontam para outras movimentações nos bastidores do futebol português. E em mais do que um momento da entrevista.

1) "Sabe, sempre fugi ao dirigente típico do Sporting. Em muitos momentos confrontei pessoas, despedi, cessei contratos, tudo a bem do clube. E também confrontei poderes instituídos no futebol português"

2) "Se alguns jornais têm tantas escutas e mails, também devem saber que fui colaborador numa investigação de branqueamento de capitais a dois dirigentes desportivos"

3) "E, nesse caso, saberiam também que existem provas periciais sobre um grande clube que nem sequer deveria abrir as portas porque as cadeiras não podem ser aquelas por não cumprirem requisitos"

"FC Porto, Benfica ou Sp. Braga também têm estes serviços"


Em relação às alegadas espionagens a jogadores da equipa de futebol do Sporting, Cristóvão realçou que se trata de "proteção de ativos" e até explicou de forma detalhada o porquê da existência desses contratos.

"O Sporting investiu 42 milhões de euros em passes. Não se trata de seguir ou perseguir pessoas, é aconselhar colégios para os filhos dos jogadores, acompanhar namoradas e mulheres que muitas vezes vêm de outros continentes para melhorar a sua integração, é explicar quais são os melhores restaurantes, onde não devem ir a determinadas horas... FC Porto, Benfica ou Sp. Braga também têm estes serviços. Sei que andamos na fase dos espiões mas não é nada disso...", explicou.

"Numa primeira fase, o Sporting ainda colocou a hipótese de pagar o meu advogado mas não quis. Rogério Alves só tem um cliente, que sou eu. E fui eu desde início que disse que o queria por ser um amigo, por ser alguém muito competente e por ser sportinguista", adiantou, antes de garantir "envolvimento zero no ridículo caso Cardinal": "Não mandei ninguém depositar dinheiro na conta de um árbitro nem tenho conhecimento de alguém no clube que tenha feito isso".


Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 10 Comentar
ordenar por:
mais votados
Há novo Santo....
Na capela de José de Alvalade.

É São Paulo Pereira Cristóvão, padroeiro dos Espiões.
Cristóvão,que "lata" do ex PJ!
Esta gente tem lata:deram uma tareia à pobre mãe de Joana,na Policia Judiciãrtia para lhe sacarem uma falsa confissão,metem-se no Sporting, roubam à descarada e ainda se armam em inocenttes!
Uma pobre-miserável
A argumentação deste senhor já é conhecida.
Foi a mesma que utilizou quando estava a ser julgado, na qualidade de réu, pelas agressões violentas e provadas na mãe da Joana que foi vítima nas instalações da PJ de Faro.
O Tribunal não conseguiu dar como provada a sua autoria, condenando o Sr. Gonçalo Amaral pelo crime de falsas declarações, que deu como provado.
No deâmbular do processo, pelo seu imediatismo, a comunicação social entrevistou este Sr. Cristóvão e recordo-me do malaberismo da sua argumentação.
É de todo conveniente recordar-nos que os réus daquele ultrajante processo para a imagem da PJ, evocaram, acusando a Directora do E.Prisional de Odemira de ter inventado as ofensas na mãe da Joana. Como esta situação não pegou, criaram nos juizes a dúvida de que alguém, menos eles, os réus, que eles não conheciam -talvez algum tripulante de um ovni- tinha agredido a mãe da Joana.
E quem é que ensaiou estas tentativas de fuga às responsabilidades, claro, este Sr. Cristóvão.
O facto é que conseguiu que o Tribunal não os responsabilizasse pelo crime de ofensas corporais graves.
Uma vez que a personalidade deste Sr. Cristóvão já é conhecida pela maioria da massa critica portuguesa, pergunto, não seria oportuno o Procurador Geral do Mº. Pº. mandar abrir o processo da morte da Joana, para tentarmos saber quem é que, na verdade, fez desaparecer a criança, para que não fique outro criminosos, neste labirinto que é a Justiça portuguesa, impune?
Vai em frente, meu rapaz!
Contra o Sócrates, as mentiras do Pedrinho e as pressões do Relvas nada se provou...

Tu não és diferente...

Tens sangue português....são tudo invenções dos tribunais, dos inimigos das políticas e dos jornalistas...

se te confessasses hoje ias direitinho para o céu...imaculadamente!
Coitado do homem!
Estou mesmo comovido!
Ignorançia
Este caso está a baralhar aqueles que gostam de misturar alhos com bogalhos,deixem a justiça fazer o seu trabalho e no final comentamos o resultado.Porque nao se fala das actuaçoes pouco claras de certos dirigentes e de árbitros? e quem seram os dirigentes desportivos que estao a ser investigados por branqueamento de capitais?
PARECE O LEÃO DA »METRO» A RUGIR
Mas afinal quem é que depositou o dinheiro na conta do Cradinali? Agora sacodem todos o capote de tal maneira que tanto a Liga como a FPF não terão condições para castigo disciplinar, pois este a comprovar-se não seria meigo. É um dos ditos clubes dos grandes (grande em área) porque se fosse um clube pequenito até o jornal CM trazia na primeira página como fez recentemente.
Tipico dos Escondidos
Estes senhores nunca deviam ser permitidos de concorrer a cargos desportivos ou qualquér outro no Sporting mas mesmo após esse erro voltaram a cometer outro grave deixár que tomassem posse sem estár esclarecido o que de facto tinha ocorrido ou seja tomaram posse dos cargos duma forma inédita e pouco esclarecedora infelizmente conseguiram sujár o nome do clube na praca publica e isso em si é imperdoavel como ainda continuam a cometer o erro de permitir que os restantes permanecam no clube mas também nao concordo com os julgamentos condenacoes antecipadas em praca publica como tem estado acontecer e agrada aos escondidos que sao bem piores que estes inclusive a nivel desportivo aproveitando-se da ignorancia e fanatismo doentio duma grande massa de apoio incondicional nao admira que o País necessita que venham de fora para organizár o mesmo se antes era dos pequeninos agora é dos ignorantes corruptos e aldraboes triste em particulár para o desporto que devia unir o Povo num convivio saudavel de rivalidade e faz o contrário uma vez que existem dirigentes que aproveitam todas as oportunidades para destilár ódios e violencia gratuita deixem os clubismos e defendam o desporto neste caso o futebol.
OUTRO TARZAM TABORDA
Fui eu, pronto. O «baixinho» também não sabia de nada, pronto. E assim a Liga não castiga, pronto.
Canonização
Proponho , de imediato, que o Vaticano comece de imediato o Processo de Canonização deste Santo que sempre viveu em Prol dos Outros
Comentários 10 Comentar

Últimas


Pub