Anterior
Hugo Almeida: "Trabalhar, trabalhar e trabalhar" para "marcar com a ...
Seguinte
Árbitro turco causa polémica
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Desporto  >  Euro 2012  >   Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos"

Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos"

Selecionador recorda palavras de Michel Platini sobre o desejo de uma final Espanha-Alemanha no Euro e deixa recados: à UEFA e ao árbitro turco Cuneyt Çakir que vai arbitrar o duelo ibérico de amanhã.
|
Paulo Bento: 'Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos'

É um facto: a Federação, a seleção e o selecionador não estão contentes com a nomeação do árbitro Cuneyt Çakir. Paulo Bento deixou recados à... Paulo Bento. De forma controlada, articulada e atacando só pela certa.

"Quando se faz uma nomeação para um jogo tão importante, quando está em causa o acesso à final, o mínimo que se pede é que se designem aqueles que estão em melhores condições para arbitrar um jogo desta natureza. A nós, resta-nos continuar a acreditar naquilo que é o nosso valor e na seriedade de quem nomeia. Já aconteceram alguns episódios nos jogos anteriores com duas seleções, a espanhola e a alemã, o que leva a acreditar que pode haver alguns condicionalismos para satisfazer alguns desejos. E essa não é a melhor maneira de andar no futebol."

Os colegas italianos que estão aqui ao meu lado estão maravilhados com a resposta, que ataca Michel Platini (o tal que desejou uma final entre Alemanha e Espanha) e a arbitragem da UEFA. "É catenaccio puro", comentam os transalpinos.

O contra-ataque será uma das formas que Portugal terá para abordar o jogo. "Nós queremos ter a bola", garante Bento. Para tê-la, é preciso roubá-la a quem muito dificilmente a perde. Portanto, exige-se paciência e um estado de espírito "tranquilo" (sim, voltou a usar a icónica expressão) quando os espanhóis estiverem a trocar a dita em território que não faça mossa.

"Não podemos andar a reboque deles." É preciso puxar a carroça e não olhar para trás, para o particular de 2010 em que Portugal atropelou a Espanha. "Muito dificilmente se repetirá um resultado tão desnivelado mas acreditamos ser muito possível ganharmos à Espanha." 

Ronaldo, Messi e as mulheres ucranianas 


No hotel onde Portugal está hospedado, estão hospedados também jornalistas espanhóis. E adeptos espanhóis. Durante a tarde, um repórter da TVE terá pedido a uns aficionados do país vizinho para cantarolarem "Messi, Messi" para um bom boneco televisivo.

Amanhã, no Donbass Arena, ninguém estranhará se o nome do argentino ecoar nas bancadas. "Não consigo perceber porquê chamar por alguém que nem cá está. Mas não acredito que isso vá influenciar o rendimento de ninguém. O Ronaldo está bem, o resto é acessório." 

Ronaldo, o craque que é um sex-symbol em todas as bandas. As ucranianas, diz um intrépido jornalista ucraniano, estão-lhe pelo beicinho. "Ele tem o apoio de 95% das mulheres", garante o repórter. Bento ri-se e diz: "Bom, então que amanhã tenha 100% do apoio das senhoras ucranianas."


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 10 Comentar
ordenar por:
mais votados
Bento está a falar demais!
Fale do jogo e deixe a politica à volta do jogo para os dirigentes federativos!
Não passe o sapateiro além do chinelo!
Re: Bento está a falar demais!
Re: Bento está a falar demais!
Ergue-Te Portugal!
Não devemos nada a ninguém! Foi o nosso valor que nos levou aos quartos e será somente este valor que nos pode levar à final. Não podemos esperar mais nada. Não teremos penaltys perdoados ao adversário nem golos invalidados aos adversários para nos dar a passagem àfinal.Somente o apoio dos fans de Portugal. Todo o seu empenho e toda a sua dedicação.E os nosso jogadores.

Devemos entrar calmos e sem medo e atirar a pressão para o campo do adversário. Sorrir ao entrar no campo, sem nada a ganhar e nada a perder.

Os espanhóis vão tentar trocar a bola para que nós corremos atrás dela e abrimos espaços para a entrada dos médios, sobretudo nos cantos da defesa.Quando cortarem um contra-ataque vão circular a bola para cansar os nosso jogadores se a procurarem. O normal.

Teremos de ajustar o nosso jogo e não mante-lo estático.

Amanhã teremos o tempo do jogo para demonstrar o nosso valor. Depois só ao vencedor serão reconhecidas honras e méritos.Depois não há nada!

Força Portugal!

Portugal está nas meias finais
em busca de remédio para tapar os buracos. Assim decidiu-se pela liquidação total da existência a preço de saldo
  Vende-se país periférico integrado na União Europeia com várias áreas de interesse:
 
* 2 mil quilómetros de praias. * Clima semi-tropical. * 10 milhões de inquilinos, com mais de 50% de idade superior a 6o anos disponiveis para abate. * População remanescente completamente submissa, livre e não onerada com compromissos sociais. * Rede de cobradores eficiente. * Áreas de exploração intensiva a curto prazo: Electricidade, Águas, Transportes, Companhia aérea, Televisão, Correios, Combustiveis e Energias Alternativas. * Milhares de hectares de terras lavráveis abandonadas. * Milhares de quilómetros de auto-estradas desertas. * Milhares de quilómetros de áreas marítimas pesqueiras sem exploração. * 2 estaleiros navais encerrados * Concessões de minas de ouro e outros metais por explorar. * 1 siderurgia e diversas instalações fabris desactivadas. * 2 regiões autónomas, uma em off-shore e outra num buraco * Vários estádios de futebol sem inquilinos * Um dos melhores parques automóveis do mundo ao serviço da gestão pública. * Os melhores gestores do mundo, a avaliar pelos vencimentos. * Uma lista infindável de palácios e edificios públicos desocupados * Parque habitacional em zonas nobres completamente em ruinas prontas a ser recuperadas * Eficiente exército de desempregados que aceitam tudo a qualquer preço. * Sem preço base de licitação.
As palavras de Ronaldo que cairam mal em la roja
"O tempo que têm para descansar é o suficiente para qualquer selecção".
E foi assim que os jogadores espanhóis mais o seu treinador viram que Portugal nas palavras de Cristiano não estava para brincadeiras.
Objectivos iguais, formas diferentes de os obter. Portugal na habilidade e explosão dos seus jogadores a enfrentar a astúcia e a paciência dos jogadores espanhóis. Como se de uma tourada se tratasse: o toureiro enfrenta o touro, tenta cansá-lo para que no fim possa cravar a espada e sair vencedor.
Em futebol jogado dou 50-50
Se este jogo se decidir nos detalhes ... perdemos.

Como perdeu a croácia contra a espanha,como perdemos com a espanha em 2010 (aí não foi 50-50, mas para manter a lógica, golo em fora de jogo), como perdemos coma frança em 2006 (num jogo 50-50, o árbitro viu penalty num mergulho do henry), Como perdemos em 2000 com a frança (jogo 50-50 golo da mão do xavier, que só é penalty no lado menos poderoso).

Portanto, espero que a selecção dê o máximo colectivamente, e que no mínimo seja um 50-50.

Se perdermos como os croatas... não é nada que nos humilhe e é uma vergonha para o futebol.

Se eprdermos como perdemos com a alemanha 2006 e 2008 ou a grécia 2004, paciência ... é futebol.

Não cito 2002 porque ao contrário de todos os outros citados demos tiros nos pés e quando isso acontece...

E o turco assegura ao sergio ramos e restante comandita que podem entrar rijo que não há problema. Já o pepe e o bruno alves vão ter que estar concentrados ao máximo. Mas que a dualidade desiquilibra, isso sim. Se um espanhol for a correr como o croata contra a espanha e o pepe o deixar passar para evitar o penalty e der golo, para mim é golo do árbitro, pois o sérgio ramos sabe que não precisa de tirar o pé com medo de fazer penalty e isso dá vantagem.
...
Acima das querelas que devem passar ao lado ... esperamos que a nossa equipa dance o Tango com a bola Tango e derrote os espanhóis no Salero...

Sem medos ...

Estamos todos a torcer ...

Força Portugal!...
Não há condicionalismo nenhum
O Angel Villar e o Platini querem a Espanha campeã e o resto é conversa.
Re: Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para
Paulo Bento está a falar demais e devia ser severamente punido pela Uefa.Este é um comportamento "á la mourinho" ,caracteristico de muitos treinadores portugueses,comportamento indigno de um selecionador que é responsável pela seleção nacional .Também se pode considerar esta atitude de Paulo Bento,que ,diga-se de passagem ,é pouco inteligente e nem sabe falar,como um insulto á nação turca.
Comentários 10 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub