Anterior
Hugo Almeida: "Trabalhar, trabalhar e trabalhar" para "marcar com a ...
Seguinte
Árbitro turco causa polémica
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Desporto  >  Euro 2012  >   Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos"

Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos"

Selecionador recorda palavras de Michel Platini sobre o desejo de uma final Espanha-Alemanha no Euro e deixa recados: à UEFA e ao árbitro turco Cuneyt Çakir que vai arbitrar o duelo ibérico de amanhã.
|
Paulo Bento: 'Pode haver condicionalismos para satisfazer desejos'

É um facto: a Federação, a seleção e o selecionador não estão contentes com a nomeação do árbitro Cuneyt Çakir. Paulo Bento deixou recados à... Paulo Bento. De forma controlada, articulada e atacando só pela certa.

"Quando se faz uma nomeação para um jogo tão importante, quando está em causa o acesso à final, o mínimo que se pede é que se designem aqueles que estão em melhores condições para arbitrar um jogo desta natureza. A nós, resta-nos continuar a acreditar naquilo que é o nosso valor e na seriedade de quem nomeia. Já aconteceram alguns episódios nos jogos anteriores com duas seleções, a espanhola e a alemã, o que leva a acreditar que pode haver alguns condicionalismos para satisfazer alguns desejos. E essa não é a melhor maneira de andar no futebol."

Os colegas italianos que estão aqui ao meu lado estão maravilhados com a resposta, que ataca Michel Platini (o tal que desejou uma final entre Alemanha e Espanha) e a arbitragem da UEFA. "É catenaccio puro", comentam os transalpinos.

O contra-ataque será uma das formas que Portugal terá para abordar o jogo. "Nós queremos ter a bola", garante Bento. Para tê-la, é preciso roubá-la a quem muito dificilmente a perde. Portanto, exige-se paciência e um estado de espírito "tranquilo" (sim, voltou a usar a icónica expressão) quando os espanhóis estiverem a trocar a dita em território que não faça mossa.

"Não podemos andar a reboque deles." É preciso puxar a carroça e não olhar para trás, para o particular de 2010 em que Portugal atropelou a Espanha. "Muito dificilmente se repetirá um resultado tão desnivelado mas acreditamos ser muito possível ganharmos à Espanha." 

Ronaldo, Messi e as mulheres ucranianas 


No hotel onde Portugal está hospedado, estão hospedados também jornalistas espanhóis. E adeptos espanhóis. Durante a tarde, um repórter da TVE terá pedido a uns aficionados do país vizinho para cantarolarem "Messi, Messi" para um bom boneco televisivo.

Amanhã, no Donbass Arena, ninguém estranhará se o nome do argentino ecoar nas bancadas. "Não consigo perceber porquê chamar por alguém que nem cá está. Mas não acredito que isso vá influenciar o rendimento de ninguém. O Ronaldo está bem, o resto é acessório." 

Ronaldo, o craque que é um sex-symbol em todas as bandas. As ucranianas, diz um intrépido jornalista ucraniano, estão-lhe pelo beicinho. "Ele tem o apoio de 95% das mulheres", garante o repórter. Bento ri-se e diz: "Bom, então que amanhã tenha 100% do apoio das senhoras ucranianas."


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 10 Comentar
ordenar por:
mais votados
Bento está a falar demais!
Fale do jogo e deixe a politica à volta do jogo para os dirigentes federativos!
Não passe o sapateiro além do chinelo!
Re: Bento está a falar demais!
Re: Bento está a falar demais!
Ergue-Te Portugal!
Não devemos nada a ninguém! Foi o nosso valor que nos levou aos quartos e será somente este valor que nos pode levar à final. Não podemos esperar mais nada. Não teremos penaltys perdoados ao adversário nem golos invalidados aos adversários para nos dar a passagem àfinal.Somente o apoio dos fans de Portugal. Todo o seu empenho e toda a sua dedicação.E os nosso jogadores.

Devemos entrar calmos e sem medo e atirar a pressão para o campo do adversário. Sorrir ao entrar no campo, sem nada a ganhar e nada a perder.

Os espanhóis vão tentar trocar a bola para que nós corremos atrás dela e abrimos espaços para a entrada dos médios, sobretudo nos cantos da defesa.Quando cortarem um contra-ataque vão circular a bola para cansar os nosso jogadores se a procurarem. O normal.

Teremos de ajustar o nosso jogo e não mante-lo estático.

Amanhã teremos o tempo do jogo para demonstrar o nosso valor. Depois só ao vencedor serão reconhecidas honras e méritos.Depois não há nada!

Força Portugal!

Portugal está nas meias finais
em busca de remédio para tapar os buracos. Assim decidiu-se pela liquidação total da existência a preço de saldo
  Vende-se país periférico integrado na União Europeia com várias áreas de interesse:
 
* 2 mil quilómetros de praias. * Clima semi-tropical. * 10 milhões de inquilinos, com mais de 50% de idade superior a 6o anos disponiveis para abate. * População remanescente completamente submissa, livre e não onerada com compromissos sociais. * Rede de cobradores eficiente. * Áreas de exploração intensiva a curto prazo: Electricidade, Águas, Transportes, Companhia aérea, Televisão, Correios, Combustiveis e Energias Alternativas. * Milhares de hectares de terras lavráveis abandonadas. * Milhares de quilómetros de auto-estradas desertas. * Milhares de quilómetros de áreas marítimas pesqueiras sem exploração. * 2 estaleiros navais encerrados * Concessões de minas de ouro e outros metais por explorar. * 1 siderurgia e diversas instalações fabris desactivadas. * 2 regiões autónomas, uma em off-shore e outra num buraco * Vários estádios de futebol sem inquilinos * Um dos melhores parques automóveis do mundo ao serviço da gestão pública. * Os melhores gestores do mundo, a avaliar pelos vencimentos. * Uma lista infindável de palácios e edificios públicos desocupados * Parque habitacional em zonas nobres completamente em ruinas prontas a ser recuperadas * Eficiente exército de desempregados que aceitam tudo a qualquer preço. * Sem preço base de licitação.
As palavras de Ronaldo que cairam mal em la roja
"O tempo que têm para descansar é o suficiente para qualquer selecção".
E foi assim que os jogadores espanhóis mais o seu treinador viram que Portugal nas palavras de Cristiano não estava para brincadeiras.
Objectivos iguais, formas diferentes de os obter. Portugal na habilidade e explosão dos seus jogadores a enfrentar a astúcia e a paciência dos jogadores espanhóis. Como se de uma tourada se tratasse: o toureiro enfrenta o touro, tenta cansá-lo para que no fim possa cravar a espada e sair vencedor.
Em futebol jogado dou 50-50
Se este jogo se decidir nos detalhes ... perdemos.

Como perdeu a croácia contra a espanha,como perdemos com a espanha em 2010 (aí não foi 50-50, mas para manter a lógica, golo em fora de jogo), como perdemos coma frança em 2006 (num jogo 50-50, o árbitro viu penalty num mergulho do henry), Como perdemos em 2000 com a frança (jogo 50-50 golo da mão do xavier, que só é penalty no lado menos poderoso).

Portanto, espero que a selecção dê o máximo colectivamente, e que no mínimo seja um 50-50.

Se perdermos como os croatas... não é nada que nos humilhe e é uma vergonha para o futebol.

Se eprdermos como perdemos com a alemanha 2006 e 2008 ou a grécia 2004, paciência ... é futebol.

Não cito 2002 porque ao contrário de todos os outros citados demos tiros nos pés e quando isso acontece...

E o turco assegura ao sergio ramos e restante comandita que podem entrar rijo que não há problema. Já o pepe e o bruno alves vão ter que estar concentrados ao máximo. Mas que a dualidade desiquilibra, isso sim. Se um espanhol for a correr como o croata contra a espanha e o pepe o deixar passar para evitar o penalty e der golo, para mim é golo do árbitro, pois o sérgio ramos sabe que não precisa de tirar o pé com medo de fazer penalty e isso dá vantagem.
...
Acima das querelas que devem passar ao lado ... esperamos que a nossa equipa dance o Tango com a bola Tango e derrote os espanhóis no Salero...

Sem medos ...

Estamos todos a torcer ...

Força Portugal!...
Não há condicionalismo nenhum
O Angel Villar e o Platini querem a Espanha campeã e o resto é conversa.
Re: Paulo Bento: "Pode haver condicionalismos para
Paulo Bento está a falar demais e devia ser severamente punido pela Uefa.Este é um comportamento "á la mourinho" ,caracteristico de muitos treinadores portugueses,comportamento indigno de um selecionador que é responsável pela seleção nacional .Também se pode considerar esta atitude de Paulo Bento,que ,diga-se de passagem ,é pouco inteligente e nem sabe falar,como um insulto á nação turca.
Comentários 10 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub