84
Anterior
EUA alarmados com uso de sais de banho como droga
Seguinte
Veja aqui o Canal Parlamento em direto
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Passos recusa demitir chefe das secretas

Parlamento ao minuto

Passos recusa demitir chefe das secretas

16h53 - "Decidi não substituir nenhum dirigente nem o secretário-geral do SIRP [Júlio Pereira]", afirmou Passos Coelho na sua última intervenção. E acabou o debate.

|
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho usa da palavra durante o debate quinzenal
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho usa da palavra durante o debate quinzenal / Manuel de Almeida/Lusa

16h47 - A estratégia dos Governo para a comunicação social, nomeadamente a privatização da RTP, foi afetada por estes episódios, perguntou ao primeiro-ministro o deputado social-democrata Luís Montenegro.

16h42 - SIS e SIED funcionam como garante do Estado de Direito, afirmou na sua intervenção Luís Montenegro, do PSD. "Para lá da intoxicação mediática que envolve a publicitação de ações anómalas, há uma regra que funciona e que é Lei", disse.

16h36 - Em resposta à intervenção do CDS-PP, Passos Coelho, concorda com uma revisão dos critérios de seleção para as secretas. "É importante revisitar vários aspetos do nosso sistema de informações", disse. Passos reconheceu ainda que é preciso reforçar o sistema de fiscalização dos serviços de segurança.

16h30 - "Está ou não o Governo disponível para rever os critérios de recrutamento para os serviço de segurança", perguntou Nuno Magalhães do CDS-PP

16h21 - Heloísa Apolónia dos "Verdes" propõe que presidente da AR assuma, com os diversos grupos parlamentares, a fiscalização dos serviços de informações.

16h19 - Passos Coelho recusa explicar a demissão de adjunto de Miguel Relvas e reitera que "não há nenhuma promiscuidade entre o Governo e os interesses económicos".

16h18 - A deputada dos Verdes, Heloísa Apolónia pergunta ao primeiro-ministro porque é que o Governo só se pronunciou agora. 

"O sr. PM escolheu o tema porque estava entalado"

16h12 - "Quando Francisco Pinto Balsemão fala no conluio entre o poder empresarial e político é porque ninguém está seguro, quando o relatório sobre Ricardo Costa mostra que nemhuma empresa tinha os recursos suficientes para essa informaçao é porque ninguém está seguro (...)", afirma Francisco Louçã.

"O sr. primeiro-ministro teve um ano para tomar uma atitude mas desculpe não o fez. O PM falhou ao país, porque falhou na luta pela liberdade", acusou o líder do BE. 

16h11 - Passos Coelho reafirma que tudo o que era essencial foi feito.

16h05 - O líder do Bloco de Esquerda fala na existência de uma "nebulosa no país na luta pela comunicação social".

"Se há alguém que está a fazer pressão sobre a comunicação social é o ministro Miguel Relvas", diz Louçã.

16h04 - Passos Coelho reitera que os dois relatórios não foram preparados pelos serviços de informação do Estado.

16h01 - O primeiro ministro reafirma a total confiança no ministro adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas. "O ministro Relvas
agiu bem com a correção e a transparência devidas", garantiu.

16h00 - Intervenção do BE. Francisco Louçã questiona Passos Coelho sobre se o Governo pretende avançar com a privatização da RTP, com Miguel Relvas como ministro. 

15h55  - O primeiro-ministro diz discordar das acusações de Jerónimo de Sousa. "Não, não é o poder económico que manda nos serviços de informação", declara Passos.

Relativamente à questão dos salários, o primeiro-ministro diz que não fala em nome da troika, mas em nome do Governo português. Passos Coelho diz, por isso, que o Executivo não está a preparar uma baixa dos salários.

15h53 - Jerónimo de Sousa questiona o Governo sobre o que "andam a cozinhar em relação aos salários dos portugueses."   

15h48
- Passos Coelho nega as acusações do PCP

15h47 - Jerónimo de Sousa disse que estamos perante o "típico exercício de tapar o sol com a peneira", sublinhando existirem relações de promiscuidade entre o poder económico e os serviços de informação da República. 

15h46 - Intervenção do PCP. "Estamos perante o típico exercício de tapar o sol com a peneira", afirma Jerónimo de Sousa, realçando a conivência de todo o Executivo.

"O primeiro-ministro também não fica bem na fotografia, uma vez que os serviços de informação são da sua responsabilidade", diz o secretário geral do PCP, sublinhando ainda as relações de promiscuidade entre o poder económico e os serviços de informação da República. 

15h41 - "Eu tenho muito respeito pelos serviços de informação, mas enquanto líder do partido socialista devo dizer que isto afeta a vida pública do nosss país pelo menos há 11 meses e o PS esta disponível para colaborar nesse sentido", diz António José Seguro.

O secretário-geral do PS questiona se o Governo de Passos Coelho tem condições para avançar coma  privatização da RTP.

"Seremos implacáveis no apuramento de toda a verdade", concluiu Seguro. 

15h38 - Em resposta as acusações de Seguro, o primeiro-ministro diz já fez muito para que haja um esclarecimento do assunto e garante que não demitirá ministros por receberem SMS.

15h36 Seguro insiste na necessidade de esclarecimento e que diz que tinha razão quando não concordava com a fusão dos dois serviços de informação.

"Nós tudo faremos para que haja apuramento dos factos", declarou o secretário-geral do PS, defendendo a existência de um período de nojo de cinco anos  desde a saída de um responsável dos serviços de informação para uma entidade privada.

15h31 - "Não há nebulosa. O PSD não tem nada a ver com os serviços secretos", diz o primeiro-ministro, garantindo também que não "fez nenhum pedido às secretas para investigar o Dr. Bairrão."

Passos salienta ainda que não devemos confundir indivíduos nem o sistema por atos isolados.

15h25 - "Como foi possível chegar aqui e quem são os responsáveis", questiona António José Seguro.

15h11 - Passos Coelho diz que os temas que têm vindo a notícia e o debate que deve sair em torno disto é razão de Estado sufieciente para o primeiro ministro que tem a responsabildade única para todo este edifício do sistema de informações traga esta discussão aberta na Assembleia da República.

"A minha convicção é de que não há um Estado de Direito, nem democracia  sem serviços de informação que protejama  segurança interna e externa do Estado", diz o primeiro-ministro, acrescntando que o conselho de fiscalização desenvolveu um inquérito autónomo.

15h03 - A Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, abre a sessão.  O deputado Eduardo Pacheco lê o expediente

14h22 - Começa às 15 horas, no Parlamento, o habitual debate quinzenal com o primeiro-ministro. O tema escolhido pelo Governo foi "sistema de informações da República Portuguesa".

Esta manhã, durante a visita a uma escola da Amadora, o primeiro-ministro Passos Coelho prometeu "material mais do que suficiente para alimentar o dia noticioso".

Concluído o debate quinzenal, pelas 17h30, o ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, voltará a depor na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais.


Opinião


Multimédia

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.


Comentários 84 Comentar
ordenar por:
mais votados
OPERAÇÃO : 5 À SEC ...

Objectivo - Limpeza de nódoas de Relva ...

Está em marcha ...
ESCANDALOSO!
Re: OPERAÇÃO : 5 À SEC ...
NEM COM SABÃO MACACO AS NÓDOAS SAEM
Boas noticias para o País!
Oxalá!
O QUE É QUE VEM AÍ ? ...
..."durante a visita a uma escola da Amadora, o primeiro-ministro Passos Coelho prometeu "material mais do que suficiente para alimentar o dia noticioso".

  E foi ensinar história da música na Escola E.B. 2. 3 Miguel Torga ... e deu uma aula sobre Beethoven ...

Será que já estava a ensaiar ? ...
Re: O QUE É QUE VEM AÍ ? ...
Re: O QUE É QUE VEM AÍ ? ...
Re: O QUE É QUE VEM AÍ ? ...
Sr., Passos
O que tem havido é joio, pois o trigo está escasso falo de políticos.
VERGONHA!
Que estejam 230 deputados a divertirem-se, bem pagos com o dinheiro dos meus impostos, à volta da discussão desta novela mexicana!
´
Como dizia a Manela: "mais valia suspender esta democracia!"
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
Re: VERGONHA!
MAS QUAL DEMOCRACIA
Re: MAS QUAL DEMOCRACIA
Re: MAS QUAL DEMOCRACIA
Re: MAS QUAL DEMOCRACIA
A "família" defende-se
Cavaco Silva vs Dias "loteiro", a cena repete-se

www.youtube.com/watch?v=JzkpX6CHrj8
Re: A "família" defende-se
Re: A
A vergonha de quem defende sócrates
Re: A vergonha de quem defende sócrates
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Re: Passos recusa demitir chefe das secretas
Medo Vs Afrontamento
Porquê de tanto medo dos serviços secretos de Portugal?

Será que Louçã e companhia têm algo a esconder?

Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
O video é público...
Re: O video é público...
Re: O video é público...
Sim Sim
Re: Sim Sim
Re: Sim Sim
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
Re: Medo Vs Afrontamento
O canto do cisne...
do Louça!

Vai-te embora, que não deixas saudades nenhumas!!
COMO FAZER CRESCER NOVA RELVA NO OUTONO ...
No final do verão, a relva está saturada e enfraquecida e, como tal, é necessário fazer crescer nova relva no outono para que o relvado fique suficientemente forte para aguentar o próximo ano. Saiba como fazer crescer nova relva no outono e reforce a saúde e o aspeto do seu relvado ...

Acompanhe aqui ... no Parlamento ao minuto ...
OPERAÇÃO : 5 À SEC ... TERMINADA ... POR AGORA ...
17:22
Conclusão - O primeiro-ministro passou duas horas do debate quinzenal de hoje a defender Miguel Relvas ...

A limpeza das nódoas de Relvas ... não é possível ... resta tentar disfarçá-las ...

Pode ser que haja papalvos que não notem nada ...

Agente 008 ... escuto ... vou terminar comunicação ...
Alguém se lembra disto?
«Pedro Passos Coelho defendeu hoje [6 de novembro de 2010] a responsabilização civil e criminal dos responsáveis pelos maus resultados da economia do país, para que não continuem "a andar de espinha direita, como se não fosse nada com eles".
 
"Se nós temos um Orçamento e não o cumprimos, se dissemos que a despesa devia ser de 100 e ela foi de 300, aqueles que são responsáveis pelo resvalar da despesa também têm de ser civil e criminalmente responsáveis pelos seus atos e pelas suas ações", referiu Pedro Passos Coelho.

Falando em Viana do Castelo, durante um jantar promovido pelo PSD de Barcelos, Passos Coelho sublinhou que o país precisa de uma cultura de responsabilidade.

Apelo a cultura de responsabilidade

"Não podemos permitir que todos aqueles que estão nas empresas privadas ou que estão no Estado fixem objetivos e não os cumpram. Sempre que se falham os objetivos, sempre que a execução do Orçamento derrapa, sempre que arranjamos buracos financeiros onde devíamos estar a criar excedentes de poupança, aquilo que se passa é que há mais pessoas que vão para o desemprego e a economia afunda-se", referiu.
 
Para o líder social democrata, "não se pode permitir que os responsáveis pelos maus resultados "andem sempre de espinha direita, como se não fosse nada com eles".
 
"Quem impõe tantos sacrifícios às pessoas e não cumpre, merece ou não merece ser responsabilizado civil e criminalmente pelos seus atos?", questionou.»
SÍTIO GOVERNADO POR LADRÕES !!!

...PRONTO !!! TUDO ESCLARECIDO !!! ???

...BOM, EU ACREDITO !!! FOI TUDO "FEITO" !!!

AGORA, VAMOS AO QUE FALTA FAZER:

DEVOLVER OS SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL, QUE FORAM CONFISCADOS POR ESTE BANDO DE LADRÕES E CAUSADORES DA DESGRAÇA DO PAÍS, AOS REFORMADOS, POIS O ESTADO É SÓ "FIEL DEPOSITÁRIO" E OS DESCONTOS SÃO DOS ...ROUBADOS !!!

QUANTO AOS LADRÕES, DEVEM SER PRESOS !!!

PORTANTO Á QUE ACELERAR O PROCESSO DE DEVOLUÇÃO, ANTES QUE...
Sr Passos
Emigre se possível para o Irão.
Não pode ...
Está claro o PM não pode demitir o bondsaloio cá do sítio pois se o 000 tem os gajos agarrados pelos tomates, imaginem o que o Pereira sabe.
Pedrito...
O dia no Parlamento apagou a tua real veia...

Fiquei encantado com a tua aula de voz na escola visitada...

Tens o futuro assegurado. Deixa isso da política que disso não percebes nada!

Não sei se mentiste às crianças (não estava lá aquela dos subsídios), mas elas não acreditaram nada no que estavas a dizer. Quase que te engasgaste!
Comentários 84 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub