Anterior
Brasil deverá ter 71 novos aeroportos até ao Mundial
Seguinte
Dez distritos em alerta laranja devido ao calor
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   "Portugal está bem mais próximo de ultrapassar esta crise"

"Portugal está bem mais próximo de ultrapassar esta crise"

O primeiro-ministro escreveu na sua página no Facebook que Portugal está a "restaurar a credibilidade " e deixou uma palavra de "coragem" aos desempregados.
Passos Coelho deixa a promessa de "um Portugal mais competitivo, mais próspero e mais justo".
Passos Coelho deixa a promessa de "um Portugal mais competitivo, mais próspero e mais justo".  / José Manuel Ribeiro/Reuters

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, escreveu hoje, na sua página oficial no Facebook, que o primeiro ano de governação "foi duro", mas que Portugal está "bem mais próximo de ultrapassar esta crise", embora reconheça que o desemprego é "uma chaga social".

"Foi um ano duro para os portugueses. A missão que aceitámos era muito complicada, com um país mergulhado em dívidas e erros graves que não podíamos mais ignorar e todos os portugueses entendiam o que estava em jogo - a autonomia do país, a base de sustentação do nosso modo de vida e o futuro dos nossos filhos", começa por afirmar Pedro Passos Coelho.

Para o governante, "os compromissos [assumidos com os credores internacionais] são importantes", uma vez que, "ao cumpri-los", Portugal está a "restaurar a credibilidade do país junto dos parceiros e investidores", o que é "essencial para o crescimento". Pedro Passos Coelho refere os "vários sinais extremamente positivos" do desempenho do país, como o ajustamento do défice externo, o bom comportamento das exportações e as avaliações positivas feitas pela troika (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu).

Elogio ao esforço dos portugueses


No entanto, o primeiro-ministro enumerou também "os resultados menos bons", como o aumento do desemprego, que "apesar de ser uma consequência esperada da crise económica (...) não deixa de ser uma chaga social que exige resposta imediata".

"A todos os que estão hoje desempregados quero deixar uma palavra de encorajamento e a minha garantia pessoal que tudo continuaremos a fazer para que estes momentos difíceis sejam ultrapassados tão rapidamente quanto possível", promete Passos Coelho.

Para o primeiro-ministro, Portugal está hoje "bem mais próximo de ultrapassar esta crise e bem mais próximo de ter um país com oportunidades para todos", embora "um ano depois de [o Governo] tomar posse, há ainda muito a fazer".

Sublinhando que "os portugueses têm dado mostras da sua forte vontade e tremenda lucidez para, apesar dos sacrifícios, trabalharem em defesa de Portugal e do seu futuro", Pedro Passos Coelho deixa uma promessa: "um Portugal mais competitivo, mais próspero e mais justo".


Opinião


Multimédia

Lombinho de porco com broa e batata a murro

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 70 Comentar
ordenar por:
mais votados
Passos Coelho tem um modelo na cabeça
q está a falhar nos aspectos essencais e como o modelo não de adequa à realidade - como mostram os factos - pretende que seja a realidade a ajustar-se ao modelo.
Um dos exemplos de não adequação à realidade foi a politica fiscal seguida.
Não podia ser outra por imposição da troika ?
Errado, podia ser sim, haveria alguma margem de manobra para tomar opções diferentes. E como foi escolhido o caminho mais fácil, os resultados aí estão:
receita fiscal bem longe do esperado, despesa pública corrente a derrapar - devido às transferências sociais para o desemprego - e o deficite´orçamental não será este ano de 4,5% nem q Cristo decha à terra...
Um exemplo de erro crasso: aumento do IVA da restauração para 23%. Resultado: falências em séria no sector logo menos IRC cobrado, logo mais desemprego e mais despesa social. Diminuição do consumo na restauração logo menos IVA arrecadado.
Passou-se +/- o mesmo com a subida de taxas intermédias de IVA para a taxa máxima em relação a produtos considerados como não de 1ª necessidade (muito discutível na maior parte dos casos)...
Passos Coelho deve saber como o seu MF Gaspar que se o aumento da carga fiscal passa de certo limite, a receita marginal será inferior ao imposto marginal médio. Isto é uma lei mais do que demonstrada. E é justamente o q está a acontecer.
Por outro lado não se viu até agora nada de substancial no corte a sério das tais gorduras do Estado (paliativos não contam). O q foi feito em relação às rendas excessivas
Re: Passos Coelho tem um modelo na cabeça
Re: Passos Coelho tem um modelo na cabeça
Re: Passos Coelho tem um modelo na cabeça
Re: Passos Coelho tem um modelo na cabeça
Re: Passos Coelho tem um modelo na cabeça
Está a falar da tal destruição construtiva e
Portugal próximo-de-ultrapassar-esta crise
Em 75 quando Vasco Gonçalves era primeiro ministro The New York Time colocava a sua fotografia e por baixo escrevia mais ou menos isto:- NÃO É UM DOENTE MENTAL, TRATA-SE DO PRIMEIRO MINISTRO DE PORTUGAL. Trinta e oito anos depois não sei se o mesmo jornal não está a pensar fazer o mesmo em relação ao actual primeiro ministro, porque bem merecia esse titulo devendo ainda ser acrescentado que se trata além de um louco um incompetente e inexperiente rapazola, que não sabe o que diz nem o que faz. Quero aqui e agora recordar a vitória, já lá vão dois mil anos e tal das tropas romanas ao conquistarem Jerusalém. Os israelitas vendo que a conquista estava eminente preferiram o suicídio colectivo e assim tiraram o sabor da vitória aos romanos. É um pouco o que está a acontecer com Portugal neste momento. No entanto muita gente até dentro do PSD duvida que seja ultrapassada esta crise porque o que se tem visto é que ela se tem agravado a cada dia que passa. Mesmo que assim fosse qual o interesse da vitória se entretanto uns já emigraram e outros morreram.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/04/portugal-beira-da-catastrofe.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/familias-falham-pagamentos-de-800.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/desemprego-em-2000-39-2012-149.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/o-emigrante-portugues-1965-2012.html
continuação
garantidas aos diversos sectores em termos de PPPs (ex-SCUTS, Energias Renováveis, Saúde? ?!
O q foi feito em termos das mais de 450 Fundações subsidiadas pelo Estado à custa dos contribuintes ?! Foram avaliadas? Tiveram as contas auditadas? Foram feitos relatórios funcionais para avaliar o valor acrescentado q retornam para a sociedade ?!
Nada, ZERO !
Com isto o governo de PPC perde credibilidade a cada dia q passa.
E com declarações absurdas deste tipo - "q Portugal está bem + próximo de ultrapassar esta crise" "elogio ao esforço dos portugueses", etc - a destempo, vazias de conteúdo, com falsas esperanças e wishfull thinking, este governo não governa, arrasta-se pelas ruas da amargura da demagogia política.
Re: continuação
Re: continuação
Re: continuação
Re: continuação
Re: continuação
Re: continuação
Re: continuação
exercício de lógica
“Temos de mudar porque a realidade muda. Só os estúpidos não mudam”. Esta frase é do próprio Passos Coelho. Uma vez que não mostra tenções de mudar, a conclusão é óbvia...
Re: exercício de lógica
Ultrapassar a crise? Como?...
Não investir no desenvolvimento do Pais e promover o investimento de estrangeiros vendendo as riquezas do País? é essencial para o crescimento? quem cresce? o que cresce? Não é certamente em beneficio do país e da sua população. Essas teorias da Escola de Chicago do economista Friedman já se sabe quem beneficiam...
Re: Ultrapassar a crise? Como?...
Vejam este video. O aldrabão devia de ter vergonha
youtu.be/gNu5BBAdQec
Re: Vejam este video. O aldrabão devia de ter verg
Re: Vejam este video. O aldrabão devia de ter verg
Areia para o povinho
Este menino "Barbie" fala e nada diz. A afirmação de que "estamos mais próximo do fim da crise" não bate certo com as notícias de que o esforço dos sacrificados deste governo esteja a valer a pena. Basta ler as notícias. O risco de incumprimento da dívida pública portuguesa aumentou e representa segundo este jornal 116% do PIB. Este tipo de discurso oco e vazio de conteúdo tem apenas como objectivo o desejo de que uma mentira mil vezes repetida talvez se possa transformar em realidade. Esta é a filosofia deste governo. A fé. A ministra da Agricultura também tem fé que vai chover. Vamos rezar
propaganda
PPC faz lembrar o ministro da propaganda do Iraque no tempo de Saddam.
coragem desempregados,
habituem-se a viver sem comer.
Sr PM
A crise que afecta os trabalhadores desempregados que passam por muitas privações certamente quando a crise passar não se vão sujeitar ao código de trabalho feito pelo governo, seja justo, honesto, e cívico.
Retire algumas conclusões do que afirmou o economista lima.
Escravidão no século 21?
POIS! ÉS PESCADOR? ÉS CAÇADOR?
No mundo, apenas a religião e o patriotismo podem fazer caminhar por muito tempo e para o mesmo fim a maioria dos cidadãos.
O povo já não acredita nas promessas dos governantes, porque perdeu a vontade fanática que o levava a acreditar e a ter razões para isso.
Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso.

www.youtube.com/watch?v=gNu5BBAdQec
o que Passos quis realmente dizer
Portugal está hoje bem mais próximo de ultrapassar esta crise e de entrar definitivamente em decadência.
SERÁ?
SERÁ QUÉ PORTUGAL QUE ESTÁ MAIS PERTO DE SAIR DA CRISE, OU SÃO OS CATROGAS E TODAS AS NOMEAÇÕES DOS BOYS DO PSD E CDS.
NÃO DEVE MISTURAR.
Mentiroso sou eu...
... mas não minto tanto!
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
Re: Mentiroso sou eu...
LADRÕES
Com a austeridade estúpida as contas públicas estão um caos e as receitas fiscais a descer apesar de estes burros terem subido os impostos. Agora estes bandidos sentem-se entalados e não devolvem o IRS pago em excesso pelo POVO SOBERANO. BANDIDOS! A PACIÊNCIA DO POVO TEM LIMITES! PARA O PRÓXIMO ANO PASSEM A FAZER AS DECLARAÇÕES DE IRS EM PAPEL E ENVIEM-NAS PELO CORREIO NO ÚLTIMO DIA DO PRAZO, PARA ENTUPIR E AXFIXIAR OS SERVIÇOS DE FINANÇAS!! E agora vem a catherine portas dizer que vão baixar impostos…DEMAGOGIA DE PORCOS! ABAIXO OS BANDIDOS! POVO ACORDA E LEVANTA-TE!!
Comentários 70 Comentar

Últimas


Pub