Anterior
Passos: sexta-feira é apresentado relatório sobre Madeira
Seguinte
Passos defende responsabilidade civil e penal para quem viole orçamentos
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Passos: "esforço de correção" caberá "prioritariamente" à Madeira

Passos: "esforço de correção" caberá "prioritariamente" à Madeira

"A taxa de esforço terá ser prioritariamente seguida pela região autónoma da Madeira, como não pode deixar de ser", afirmou o primeiro-ministro.
Lusa |
Passos garante que não será o país na sua globalidade a pagar a dívida da Madeira
Passos garante que não será o país na sua globalidade a pagar a dívida da Madeira / Miguel A. Lopes/Lusa

O primeiro-ministro garantiu hoje que será "prioritariamente" a região autónoma a fazer "o esforço de correção" orçamental e financeiro e não o país na sua globalidade.

"A taxa de esforço terá ser prioritariamente seguida pela região autónoma da Madeira, como não pode deixar de ser", afirmou o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, durante o debate quinzenal na Assembleia da República.

Ou seja, acrescentou, qualquer que seja o resultado do relatório de avaliação orçamental e financeira sobre a Madeira "não será o país na sua globalidade a pagar o esforço dessa correção, deverá ser prioritariamente a região autónoma da Madeira a fazer o esforço de correção".


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados
Jardim já disse que resolve tudo em trinta anos
Vamos acreditar que sim: a obra está feita,já não sai de lá.
A HISTORIA DE PORTUGAL (I-continua)
Será possível fazer uma História de Portugal de forma “grosseira” . desde as “histórias macabras” de D. Afonso Henriques , passando pelo
“despesismo” do Marquês de Pombal (adorado pelos Távoras...) , até
exaustos chegados à celeberrima frase de Brito Camacho : “ A Merda
é a mesma , as Moscas é que mudam ...” sem esquecer os “lamentos” de Albino Forjaz de Sampaio : P.P.P. , e recem saidos das “loucuras” de
Socrates , ensaboados e sem agua para enxaguar , vamos agora fazer
História com o play-boy P.P.C. . Resta saber qual dos dois é mais aldrabão e mentiroso ? Bem falantes e melhor (tra)vestidos ...
E quanto à História Económica , retiramos de um estudo do vosso Ministro da Economia e Emprego :
Crescimento do Rendimento Disponível per capita em Portugal versus Europa:
1929-1938 Portugal 1,28% Europa 1,16%
1938-1950 Portugal 1,56% Europa 1,00%
1950-1973 Portugal 5,47% Europa 3,55%
No “pós 25 de Abril” , nesta triste Democracia de inspiração soarista
que não funciona , nunca funcionou nem vai funcionar , venderam as
“joias da coroa” , nacionalizaram e gastaram o que privatizaram ... Resultado : Bancos(os grandes obreiros desta crise com a enorme responsabilidade de Victor Constâncio e o absurdo de hoje ele ser o vice falso salvador desta tragédia ...) , Estado , Empresas e Familias , todos insolventes . Fora o ainda encoberto , uma divida de 200 mil milhões de euros !!!... Mas o negativo saldo final vai ser bem pior e não muito longe do ...
A HISTÓRIA DE PORTUGAL (II-continua)
E em nota de rodapé , lembrar quem tem memória curta , que Cavaco Silva , lixando o país , na egoista vaidade de ter um segundo mandato, casou com Sócrates , obrigou a atrasada saida do PSD , dita MFL para aprovar(abstenção) o OGE2010 de Socrates , obrigou PPC a aprovar o OGE 2011 de Socrates ,e ainda o PEC1, o PEC 2 e o PEC 3 , todos de Socrates , causando enormes custos para o país , e apenas reeleito(por um quinto dos portugueses) obriga PPC a reprovar o PEC4 e “corre” com Sócrates !!!...
http://www.tabusdecavaco....
http://sites.google.com/s... (vd. anexos)
http://www.youtube.com/wa...
  http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...
http://www.youtube.com/wa...

A HISTÓRIA DE PORTUGAL (III-final)
Num Povo “paranalfabeto” com “encefalo de telenovela” , a propaganda
politica (anestesia politica) é sempre eficaz e onde a TV é cumplice .
A “comunicação social” não vende factos , mas sim noticias dirigidas intencionalmente a um povo acritico . Não é dificil e não é raro a TV criar um verdadeiro clima de “inquisição” , onde muitos “neuronios”
estão previamente “bestalizados” pelo espectaculo do futebol ...
O caso recente da Madeira . Pura hipocrisia .Medina Carreira diz-nos:
“Estamos muito furiosos com a Madeira porque andaram a enganar e a
gastar o que não tinham . É exactamente o que os alemães pensam de nós” . .. O que é que AJJ fez que não se tivesse feito(PS+PSD) no e também com o consentimento do Continente ? Qual é a divida real da Madeira e do Continente ? Qual é a divida per capita , quer na Madeira , quer no Continente ? Qual é o rendimento disponivel per capita , quer na Madeira , quer no Continente ? Qual é o crescimento económico , quer na Madeira , quer no Continente ? Qual é a relativa capacidade de pagamento ? Sem respostas a estas questões ,o que se fez só revela falta de “cultura” , “educação” , “instrução” e todo o resto que caracteriza um Povo civilizado . dixit
    http://www.gasmed.org/Lin...

Tem toda a razao, sr. PM!
Nos, Madeirenses, temos de pagar a nossa divida (ate mm aqueles que, como eu, se recusam a votar nas amostras de partidos que temos por ca - note-se que por ca engloba Portugal no seu total). E por isso que vamos ter de pagar mais impostos e perder varios beneficios sociais. E tambem por isso que a taxa extra de IRS que me estao a pedir devera ficar ca toda na regiao para comecarmos a abater a nossa divida. Sim, pq da mm maneira que os nao residentes na Madeira tem todo o direito de se recusarem a contribuir para obras que nao usam, tb eu, Madeirense tenho todo o direito de exigir que as obras do continente sejam pagas pelos eleitores que votaram nos mentecaptos que elegeram para as zonas onde elas foram feitas. Viva Portugal, viva a Madeira!
Comentários 5 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub