Anterior
Morreu a primeira astronauta americana
Seguinte
Um ano sem Amy Winehouse
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  "Que se lixem as eleições", diz Passos Coelho

"Que se lixem as eleições", diz Passos Coelho

Num jantar com deptudados do PSD, Pedro Passos Coelho explicou que se está mais magro é porque não quer ficar barrigudo, não é por andar abatido, embora a situação seja pior do que aquela que estava à espera. 
Lusa |
Pedro Passos Coelho: "Estou muito bem de saúde e, melhor do que isso, estou muito certo do caminho que quero seguir"
Pedro Passos Coelho: "Estou muito bem de saúde e, melhor do que isso, estou muito certo do caminho que quero seguir" / António Cotrim/Lusa

O primeiro-ministro e presidente do PSD contou hoje que tem ouvido comentários sobre a sua magreza e afirmou que está a fazer dieta, que está muito bem de saúde e muito certo do caminho que quer seguir.

Durante um jantar do grupo parlamentar do PSD, na Assembleia da República, Pedro Passos Coelho referiu que lhe têm dito que "está mais magro, anda assim abatido" e lhe têm perguntado se "alguma coisa corre mal no país, pior do que estava à espera".

Em seguida, o primeiro-ministro e presidente do PSD procurou afastar esses receios: "Não, não. Eu quero dizer: Eu estou mais magro porque tenho feito dieta, é porque não quero ficar barrigudo, é só isso. Eu estou muito bem de saúde e, melhor do que isso, estou muito certo do caminho que quero seguir".

"Sei para que fui eleito e, não precisava de vos recordar, todos têm hoje aqui uma missão histórica a desempenhar", acrescentou Passos Coelho.

"Que se lixem as eleições, o que interessa é Portugal"


"Se algum dia tiver de perder umas eleições em Portugal para salvar o país, como se diz, que se lixem as eleições, o que interessa é Portugal", declarou ainda Pedro Passos Coelho, durante o jantar do grupo parlamentar do PSD para assinalar o fim desta sessão legislativa, na Assembleia da República.

Antes, Pedro Passos Coelho considerou que há quem sugira que "já chega de ser bom aluno" e de fazer "sacrifícios", porque se aproximam atos eleitorais e não convém perder votos.

"Mas a verdade é que nenhum dos senhores ou das senhoras foi eleito para esse mandato. Nenhum dos que aqui estão foi eleito para ganhar as próximas eleições, ou para ajudar a ganhar autárquicas, nem as regionais deste ano nos Açores, nem as europeias que aí vêm a seguir, não foi para isso que fomos eleitos. Foi para responder ao país", acrescentou o primeiro-ministro, recebendo palmas.

Estavam presentes neste jantar do grupo parlamentar do PSD os ministros Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, e da Educação e Ciência, Nuno Crato, e a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves.

O coordenador da Comissão Permanente do PSD, Jorge Moreira da Silva, o vice-presidente do PSD e secretário de Estado da Segurança Social, Marco António Costa, e a secretária de Estado dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade, Teresa Morais, também marcaram presença.

 


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 105 Comentar
ordenar por:
mais votados
A ver vamos!
Passos Coelho limitou-se a dizer aquilo que qualquer estadista diria perante os factos e o quotidiano que nos apoquenta. Essa é a diferença entre um político e alguém que prefere contribuir para resolver os problemas endémicos de que padecemos.
Com excepção do caso Relvas, essa erva "graminha" que terá de ser cortada sob pena de nos danificar o "green", o Governo faz aquilo que deve fazer.
Louvo este comportamento de Passos Coelho, pessoa por quem dava mesmo muito pouco, tenho uma aversão a estes jotinhas, admitindo que o mesmo amadureceu ao longo destes anos.
Acresce a isto, a sua humildade em reconhecer que os partidos estão infestados de boyada, o PSD incluído, dando o leme do barco a Vitor Gaspar, ajudado por Paulo Macedo, Nuno Crato e Álvaro Santos Pereira, tudo gente fora do PSD. E ainda bem! Já nos basta ter de levar com o Relvas!
Apesar de algumas asneiras cometidas, Relvas incluído, há uma coisa que me faz acreditar que vamos mesmo acabar por sair disto. Contrariamente ao seu antecessor, que sacrificou Teixeira dos Santos e alguns outros ministros aos seus desígnios, este faz questão de não os imolar no fogo dos interesses partidários.
A ver vamos!
Re: A ver vamos!
Re: Demagogia feita à maneira.......
Runaldinho é mesmo um básico!!!
Mas o que é o interesse nacional, de P. Coelho?
tempo de antena......
Re: A ver vamos!
Re: A ver vamos!
Está a resguardar-se para quando sair do governo
ficar "barrigudo" ...........................
!
Não é para não ficar barrigudo. É a crise, é a crise. Ele importa-se lá de perder eleições. O que importa é o País e os portugueses. Grandes políticos nós temos. Se não fossem eles não sei o que seria de nós todos...
Re: !
Re: !
Mais uma notícia da caca!

Isto é para comentar o quê?????????????????

Se fosse a demissão dos directores da lusófona....

e a retirada do canudo a um certo meliante!
Não é pelo salario mínimo que estás mais magro
Se estás mais magrinho , certamente não é por receberes o salario mínimo , porque aí nesse lugar não te faltará nada , nem comida , nem tempo para descansar , ao contrário de muitos licenciados que andam ao ordenado mínimo e outros ainda que andam às limpezas no Luxemburgo.

Re: Não é pelo salario mínimo que estás mais magro
Re: Não é pelo salario mínimo que estás mais magro
"Que se lixem as eleições, o que interessa é
Portugal.
A primeira vista poderia parecer que Passos Coelho falava verdade, estava a ser sincero.
Mas quem estiver atento, verifica que Passos Coelho em momento algum aceita o prolongar do resgaste.
É dificil entender porquê.
Diz ele que é para não prolongar o sacrificio dos portugueses, mas a verdadeira razão é que quer apertar tudo agora que não há eleições e depois de ter terminado a intervenção estranjeira e estar tudo destruido, poder dar umas benesses e de novo enganar o eleitorado português.
As proximas eleições pensa Passos são em 2015 e Passos quer ganha-las.
Mas assim sendo o que Passos queria dizer é que se lixem os Portugueses e Portugal o que interessa é em 2015 ganhar as eleições.
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Qual é o interesse nacional a que se refere P. Coe
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
Re:
São todos amigalhaços...
Acampanha de Passos Coelho para as directas no PSD, em 2010, eleições que venceu contra Paulo Rangel e José Pedro Aguiar-Branco, não gastou um cêntimo com a sede. O espaço foi disponibilizado gratuitamente pela empresa Luso-Formatar, do Grupo Lusófona, que detém a universidade onde o ministro Adjunto Miguel Relvas tirou a licenciatura . Na altura, Relvas era coordenador da comissão política da campanha das directas.

O director de campanha foi Mauro Xavier, membro da direcção da Microsoft Portugal, que ao CM disse não se lembrar de quem era o proprietário do imóvel da rua Braamcamp. No entanto, Mauro Xavier revelou que foi Paulo Coelho, que pertencia ao marketing da campanha, quem escolheu a sede.

Questionado sobre o assunto, Paulo Coelho disse ao CM que o 1º andar do edifício foi cedido de "forma gratuita" por intermédio da amiga Conceição Caldeira, actual deputada do PSD e membro da administração da Luso-Formatar. O presidente do conselho de administração desta empresa, que ocupa o mesmo cargo no Grupo Lusófona, é o professor Manuel de Almeida Damásio. "Pedi que me emprestasse aquele espaço", disse Paulo Coelho. Conceição Caldeira, por sua vez, confirmou ao CM que a Luso-Formatar é proprietária da galeria, do 1º, 2º andares e parte de terceiro andar. Foi num destes espaços que ficou instalada a sede de campanha de Passos Coelho.
Fonte:Correo da Manhã com a devida venia
Re: São todos amigalhaços...
Re: São todos amigalhaços...
Re: São todos amigalhaços...
Re: São todos amigalhaços...
programa do governo contra a obesidade
Faz dieta e impõe-na à população inteira.
Passos emagrece e Relvas engorda
A dieta deve ser essa: o amigo limpa o prato primeiro. Já mal cabe nos fatos, o "doutor".
UM HOMEM ENCONTRA PASSOS NA RUA ... E FALA COM ELE
- Bolas ! Caramba ! Não é que essa história da dieta funciona mesmo! Estou a ver que o Sr. 1º Ministro está a emagrecer ...
Diz o 1º Ministro:
- Estou a perder um quilo por semana !
E diz o homem:
- Espectáculo… Quem sabe se daqui a dois ou três meses ... o Sr. 1º Ministro não some de vez !
'Que se lixem as eleições, diz Passos Coelho
Hoje li esta frase quando passava pelas bancas de jornais e só conseguia pensar: mais um!

Mais um que acredita que a melhor maneira de vencer na política é não ser um "político". "Que se lixe as eleições", quando as eleições são o exame supremo da atuação de um político em democracia; "o que interessa é Portugal", como se fosse possível destrinçar o país dos Portugueses que decidem as eleições. Ou é possível?

Confesso, estou um pouco indeciso: trata-se duma estratégia à Cavaco Silva, onde se teatraliza o distanciamento dos "jogos políticos" para se mostrar "sério" acima das futilidades? Ou antes um tique à Manuela F. Leite com os seus seis meses sem democracia, pressupondo a convicção absoluta num caminho que não se quer discutir, como se deveria em democracia?

Arrepia-me que possa ser a segunda, porque gente desta, vez por outra, pensa que a melhor solução para salvar Portugal é eliminar a praga que apoquenta este, os Portugueses. Rajoy ao lado mostra-se indeciso na estratégia a seguir segundo notícia de hoje no Expresso, mas Passos tem todas as certezas... isso não vos assusta?

Pelo menos, dá para perceber que não é tão bom "político" como se poderia temer. Pior que um "com todas as certezas", é um capaz de vender gelo aos esquimós. Passos poderia ter lucrado pontos se se deixasse ir ("o trabalho é tanto que mal tenho tempo para comer"). Em vez disso, lembrou-nos que ao contrário de muitos Portugueses que não têm outro remédio, Passos emagrece por vaidade.
Re: 'Que se lixem as eleições, diz Passos Coelho
Re: 'Que se lixem as eleições, diz Passos Coelho
Re: 'Que se lixem as eleições, diz Passos Coelho
Sr Passos
Um bom político terá forçosamente de ser um bom aldrabão.
Mas não vai perder as eleições pelo castigo que está a dar ao povo, mas sim pelas mesmas falcatruas dos anteriores, corrupção activa e permissiva.
Benefício da dúvida
Estou à vontade para falar porque pertenço ao grupo dos tais portugueses que está a sentir directamente as medidas de austeridade que nos foram impostas ao contrários de muitos dos comentadores que vestem a pele do lobo quando lhe convem.

Preso por ter câo preso por não ter.

Se PPC tivesse feito um discurso socratiano a mentir e a pintar de cor de rosa a situação com falsas promessas aí daí que ele é igual ao antecessor o que diz é só para ganhar as eleiçoes.

Se faz umas declarações que todos gostamos de ouvir mandando para as urtigas os interesses partidários , também não serve.

Mas em que é que ficamos ?Concordam com ele ou não?

O português é mesmo assim . Pode ter evidências à frente do nariz que arranja sempre maneira de as contornar.

Ele disse "Que se lixem as eleições!!". Só temos de aguardar para vêr. No fim os eleitores tẽm a palavra
Re: Benefício da dúvida
Re: Benefício da dúvida
Re: Benefício da dúvida
que-se-lixem-as-eleicoes-diz-passos-coelho
Afinal tento diz uma coisa como o seu contrário. Antes das eleições dizia que sabia muito bem a situação do País e que nunca se ia desculpar com ela e com o executivo anterior. Nos últimos tempos ele e os partidos que o sustentam não têm feito outra coisa, mas também que têm feito tudo o que querem sem passar cartão à Oposição e principalmente ao major partido. Eu e muitos mais a pensar que a magreza era uma consequência da saída iminente de Relvas e das trapalhadas de todos os dias.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/licao-de-educacao-bancada-do-psd.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/mudanca-de-fisionomia-passos-salazar.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/passos-portugal-no-bom-caminho.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/curriculum-vitae-de-passos-coelho.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/passos-coelho-em-contradicoes-pec-iv.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/pedro-passos-coelho-best-of-2010-2011.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/passos-1-de-abril-promete-crianca-13.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/04/passos-coelho-ama-te.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/depois-de-um-dia-de-conferencias-muitos.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/familias-falham-pagamentos-de-800.html
Re: que-se-lixem-as-eleicoes-diz-passos-coelho
Que se lixem as Eleições...
Não demorou muito para começarem a ser conhecidas diversas interpretações sobre as palavras do PM, uns criticam porque acham que está a mentir, esse malandro quer-nos enganar, outros acham inaceitável governar sem pensar nas eleições, outros pura e simplesmente arranjam um qualquer pretexto para criticar o Primeiro Ministro.

Este Governo entrou numa altura muito difícil para o país, após um pedido de assistência financeira aos nossos parceiros internacionais foi desenhado o famoso plano da Troika, Austeridade é a palavra de ordem, a implementação das medidas implicam cortes em diversos sectores do Estado que vão desde a Saúde a Educação, nenhum escapa ao destino de cortar, cortar e cortar..

Este Governo pode não ser o mais eficaz, já cometeu alguns erros mas ninguém pode neste momento acusa-lo de Governar para as eleições, por vezes para o bem da nação é necessário governar desta forma,nos últimos 20 anos os Governos tinham receio de tomar certas decisões, pois iriam incomodar os militantes, as concelhias e distritais dos respectivos partidos no Governo, optava-se sempre por adiar....

Este é um dos motivos por termos chegado a esta situação, o medo em afrontar as "bases", os interesses, foi sempre mais forte.

Talvez Passos Coelho corra o risco em perder as próximas eleições, até as próximas legislativas, se cumprir a missão de tirar o país do buraco, o mais certo é ser reconhecido por isso e o povo não é parvo, irá recompensá-lo com um novo mandato...
Passos Coelho não governa para os portugueses...
Re: Que se lixem as Eleições...
Comentários 105 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub