Passatempo: hoje é o último dia para enviar a sua ideia mais absurda

O Energia de Portugal lança o passatempo "As ideias mais absurdas para negócios". Envie através do Facebook as fotos, os vídeos, os anúncios ou os recortes de jornais onde se reconheça uma ideia ou um negócio completamente absurdo, como... vender areia no deserto.
Só há uma coisa que não quisemos absurda neste passatempo: a qualidade do prémio, um Nokia Lumia 800 Só há uma coisa que não quisemos absurda neste passatempo: a qualidade do prémio, um Nokia Lumia 800

Há histórias do "arco da velha" no que toca a ideias estranhas para negócios, umas pegaram, outras nem por isso.

Pense bem. Vá ao baú das memórias e lembre-se daquela ideia que todos achavam absurda mas que você continua a entender ser boa. Se, por outro lado, nunca teve um desses rasgos mas viu algo no género anunciado na rua, num jornal ou ouviu numa conversa, participe à mesma.

O objetivo é impressionar o editor do Energia de Portugal, surpreendendo-o com os piores negócios que descobrir ou lhe vierem à cabeça (como, por exemplo, vender areia no deserto). O participante que espantar mais o editor receberá no final do passatempo o Nokia Lumia 800.

O passatempo decorre de 12 de maio a 15 de junho de 2012, no Facebook do Energia de Portugal .


Regulamento do Passatempo

Artigo 1.º - Objeto

O presente Regulamento visa estabelecer os termos aplicáveis ao passatempo "As ideias mais absurdas para negócios", que é uma iniciativa do Energia de Portugal (www.expresso.pt/energiaportugal) com a colaboração da Nokia.

O passatempo visa desafiar os participantes a enviar para o e-mail energiadeportugal@impresa.pt fotografias/vídeos/recortes/anúncios de um negócio ou de uma ideia de negócio absolutamente absurdos, como por exemplo, vender areia no deserto ou a metade de um carro. O negócio ou a ideia de negócio devem respeitar as regras de propriedade inteletual e industrial.

O material recebido no e-mail será depois submetido na página do Facebook do Energia de Portugal (em www.facebook.com/energiadeportugal). O vencedor é a pessoa singular cujo negócio ou ideia de negócio for considerada, pela organização do passatempo, a mais original.

Artigo 2.º - Duração e âmbito

O passatempo "As ideias mais absurdas para negócios" tem início a 12 de maio de 2012 e termina a 15 de junho de 2012.

O passatempo decorre apenas na página do Facebook do Energia de Portugal, onde a organização submeterá o material que recebeu por mail.

Artigo 3.º - Prazos

Duração do passatempo: a partir das 00h01 de 12 de maio de 2012 até às 23h59 do dia 15 de Junho de 2012.

Divulgação do vencedor: 2 de julho de 2012, através do Facebook.

Artigo 4.º - Prémio

A pessoa cujo negócio ou a ideia de negócio for considerada a mais original, pela organização do passatempo, é o vencedor do passatempo "As ideias mais absurdas para negócios" e recebe como prémio um Nokia Lumia 800. A organização do passatempo considera-se alheia a qualquer acontecimento que possa condicionar o gozo do prémio pelo vencedor.

Artigo 5.º - Entrega do prémio ao vencedor

O vencedor será contactado, através de mensagem via Facebook, a 2 de Julho de 2012, para levantar o respetivo prémio no Edifício S. Francisco de Sales, Rua Calvet de Magalhães, 242, 2770-022 Paço de Arcos.

Na impossibilidade de contactar um vencedor por falta de resposta do mesmo, durante um dia após a tentativa, o prémio será atribuído ao autor da segunda publicação considerada a mais original e assim sucessivamente.

Artigo 6.º - Exclusão de responsabilidade

A organização do passatempo não pode ser considerada responsável pela anulação, adiamento ou alteração deste passatempo em virtude de circunstâncias imprevistas ou de casos de força maior.

Artigo 7.º - Gestão de participações

A organização do passatempo reserva-se o direito de excluir, eliminar ou rejeitar material enviado por mail ou comentários submetidos no mural da página do Facebook do Energia de Portugal, quando estes não correspondam aos objetivos do passatempo, sejam ofensivas de direitos, contenham linguagem desadequada ou sejam despropositadamente desprimorosas.

Artigo 8.º - Aceitação dos termos do Regulamento

A participação no concurso implica, por parte dos participantes, a plena aceitação das normas do presente regulamento, condição essencial e imprescindível, e a renúncia ao exercício de direitos de propositura de qualquer reclamação, queixa ou ação de natureza criminal ou civil contra a organização do presente passatempo relacionada com a participação neste.

Qualquer situação omissa não prevista no presente Regulamento será apreciada e decidida pela organização do passatempo, única entidade competente para o efeito.

 
1 Comentários
Página 1 de 1

ordenar por:
▼ mais votados
IDEIAS de XAXA
Uma ideia completamente estupida, já que tem tanto dinheiro, pelo menos deviam aproveitar ideias de novos negócios, mas reais verdadeiros, agora esta palhaçada não tem nada de nada, nem acrescenta nada de util ao nosso Pais e principalmente aos jovens com boas ideias.

Assim se se ve como estas Empresas colaboram para o bem estar deste País.