Anterior
Maomé: ministro oferece 77 mil euros pela morte de realizador
Seguinte
Incêndios em Leiria, Porto e Viseu
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Pânico na Holanda por causa de convite errado enviado pelo Facebook
COM VÍDEO

Pânico na Holanda por causa de convite errado enviado pelo Facebook

29 feridos foi o saldo de incidentes registados depois de milhares de pessoas se terem dirigido a uma pequena cidade holandesa para uma festa convocada no Facebook que, afinal, era privada.
Polícia foi obrigada a intervir
Polícia foi obrigada a intervir / EPA

Mais de 30 pessoas foram identificadas pelas autoridades e 29 ficaram feridas em tumultos, depois de milhares de jovens terem respondido a um convite para um aniversário, enviado por engano, no Facebook, na Holanda, anunciaram hoje as autoridades.

"A polícia anti-motim teve de efetuar várias cargas", declarou o chefe da polícia da região de Groningen, no norte do país, Oscar Dros, durante uma conferência de imprensa transmitida pela televisão pública.

A polícia explicou que algumas lojas, entre as quais um supermercado, foram pilhados durante a noite. Um total de 34 pessoas foram interpeladas e serão acusadas de "desordem pública" mas a polícia tem imagens da concentração e poderão ainda ter lugar outras detenções e processos judiciais, segundo a mesma fonte. Entre os 29 feridos sem gravidade estão três polícias.

Convite público... mas era privado


Uma jovem utilizou a rede social Facebook para convidar alguns amigos para festejar os 16 anos, na sexta-feira à noite, na casa da sua família, localizada no centro da pequena cidade de Haren, no norte da Holanda, mas esqueceu-se de tornar a informação privada.

O resultado foi que entre três mil e cinco mil pessoas "aceitaram" o convite e deslocaram-se a esta cidade de 18 mil habitantes, segundo as autoridades locais.

Esperando situações complicadas, as autoridades tomaram medidas: o acesso à rua onde reside a jovem foi bloqueado, o consumo de álcool nas proximidades do local interdito e a jovem deixou a sua casa.

O início da noite foi calmo, mas a polícia anti-motim teve de intervir cerca das 21h para travar alguns jovens alcoolizados que tentavam chegar à rua interdita.

Em resposta, os jovens atiraram vários objetos, como pedras, garrafas, bicicletas ou floreiras. Ao longo da noite, os grupos de jovens deslocaram-se no centro da cidade e destruíram viaturas, equipamentos de jardim, candeeiros e sinais de trânsito.



Veja o vídeo:

Opinião


Multimédia

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 11 Comentar
ordenar por:
mais votados
É este o outro lado, a outra face, da velocidade
dos relacionamentos por meio deste mecanismo conhecido como "facebook". Imagine-se a inspiração de alguém voltada para o lado errado da coisa, no que resultaria de estrago no curto espaço de tempo ... Rio Grande
Re: É este o outro lado, a outra face, da velocida
Convite? e se fosse para trabalhar, ou algo útil?
Gostava de saber se os jovens recebessem um convite para fazer algo de útil, como p.e., limpar o mato, ou a rua, ou uma casa necessitada, se iriam aparecer...

Lá como cá, só se pensa nas borlas...
Re: Convite? e se fosse para trabalhar, ou algo ú
lol
Uma miuda de 16 anos a conseguir mover milhares apenas com um simples convite? Gostava de ver o convite, talvez para efeitos de marketing tenha algum valor...
Ze dos queques
este incidente vem reiteradamente ( os eventos tb falam a viva voz) informar que as pessoas estao a explodir por todos os lados, e para isso basta uma banalidade como um engano desta jovem....
hehe
parece-me que resultou num Project X ;)
Project X
Leio e recordo o filme Project X que espelha exemplarmente uma sociedade educada e amarrada a um mundo virtual. Infelizmente, histórias como esta vão repetir-se a curto prazo...
Lições
A malta dos chamados países "civilizados", mais "evoluídos", ricos, triplo As , e por aí fora que gosta de enxovalhar os habitantes de países como Portugal, lá nos confins da Europa, numa zona de muito sol e com a pele mais escura, pouco letrados, simplórios, afinal parece que anda com as suas sociedades mesmo muito doentes.
Enquanto nós andamos a sofrer na pele medidas de austeridade que nos retiram direitos adquiridos, formas de vida que julgávamos garantidas, e manifestamo-nos ás centenas de milhar sem partir um vidro, estes holandeses por causa de uma birra porque afinal não havia convite para festa de aniversário desatam a incendiar carros, destruir propriedade pública e privada, entram em confrontos com a polícia ... ora ou isto é patológico, sinal de sociedades decadentes, ou estamos de facto socialmente muito mais avançados que a maioria dos povos.
Re: Pânico na Holanda por causa de convite errado
Simply put: sheep herding behavior.
(Ou como diria sem ser em estrangeiro, mmmméééééééé-mmmmmméééééééé);
FaceSheep
Comentários 11 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub