Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Há um mês enredados na “prisão do absurdo”

    Diário

    Joana Azevedo Viana

    O Presidente dos EUA voltou à sua bolha de “oxigénio”, enquanto crescem as cisões internas na Casa Branca e as suspeitas de que não vai aguentar nem sequer um ano no cargo para o qual foi eleito. A partir de alguns dos momentos mais importantes das últimas quatro semanas, tentamos antever o que aí vem — quatro mistérios pelos olhos de cinco personagens do show Trump

  • Governo francês ameaça “retaliar” se algum país interferir nas eleições presidenciais

    Internacional

    Expresso e Lusa

    O ministro dos Negócios Estrangeiros alertou que a França não vai “aceitar qualquer interferência” nas presidenciais, referindo-se à intromissão russa nas eleições norte-americanas. Também o Presidente, François Hollande, pediu esta quarta-feira que sejam tomadas medidas específicas de vigilância e proteção, nomeadamente em matéria de cibersegurança, durante a campanha

  • A ditadura do burburinho (ensaio de Daniel Oliveira)

    Política

    Daniel Oliveira

    O confronto não pode ser entre a América “sofisticada” e a América “tacanha”. E não se pode centrar no burburinho que Trump vai criando. Ele alimenta-se do ressentimento dos desprezados e da espuma dos dias. Muitas coisas que chocam em Trump só são relevantes para os que o recusam, que continuam a falar para si mesmos, cavando um pouco mais o fosso que serve o Presidente. É na frustração da América abandonada, que ele prometeu ajudar e que obviamente trairá, que está a resposta a Trump. Daniel Oliveira assina o quarto dos cinco ensaios que estamos a publicar esta semana sobre o Presidente dos Estados Unidos. O último será assinado por Clara Ferreira Alves

  • A ditadura do burburinho (ensaio de Daniel Oliveira)

    Diário

    Daniel Oliveira

    O confronto não pode ser entre a América “sofisticada” e a América “tacanha”. E não se pode centrar no burburinho que Trump vai criando. Ele alimenta-se do ressentimento dos desprezados e da espuma dos dias. Muitas coisas que chocam em Trump só são relevantes para os que o recusam, que continuam a falar para si mesmos, cavando um pouco mais o fosso que serve o Presidente. É na frustração da América abandonada, que ele prometeu ajudar e que obviamente trairá, que está a resposta a Trump. Daniel Oliveira assina o quarto dos cinco ensaios que estamos a publicar esta semana sobre o Presidente dos Estados Unidos. O último será assinado por Clara Ferreira Alves

  • Os ‘bots’ da Rússia vão ajudar Le Pen a vencer as presidenciais em França?

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Agência secreta francesa acredita que o governo de Vladimir Putin está empenhado em interferir nas eleições de abril e maio para influenciar os resultados a favor da candidata de extrema-direita. É o mesmo receio que, há uma semana, levou as autoridades holandesas a decidirem contar à mão os votos das legislativas de março, para impedir interferências no software “vulnerável” utilizado pela Comissão Eleitoral – isto numa altura em que Geert Wilders, líder da extrema-direita no país, soma e segue nas sondagens de opinião