Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Jeff Sessions financiou encontro com o embaixador russo com dinheiro da campanha eleitoral

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Um dia depois de o procurador-geral ter anunciado que vai retirar-se de qualquer investigação às presidenciais norte-americanas por causa de contactos com um diplomata russo, o "Wall Street Journal" avança esta sexta-feira que o responsável pela pasta da Justiça na administração Trump não se encontrou com Sergei Kislyak enquanto membro do Senado como a sua porta-voz tinha garantido. Democratas não estão satisfeitos e exigem a demissão do ministro

  • A mesma empresa que alimenta a fúria dos liberais dá fogo à ira dos conservadores na era Trump

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Investigação do BuzzFeed apurou que um conjunto de sites americanos de barricadas opostas, apostados no hiperpartidarismo e nas divisões políticas com manchetes incendiárias, pertencem à mesma empresa com sede em Miami. Há muito dinheiro em jogo e o nicho de sites alternativos pode ser muito lucrativo na era da pós-verdade, do clickbait e dos "factos alternativos", aponta o autor de outro estudo sobre propaganda e notícias falsas que ajudaram a eleger Donald Trump

  • Presidenciais francesas: Emmanuel Macron aceita aliança proposta por François Bayrou

    Internacional

    Lusa

    “Porque o risco é enorme e porque os franceses estão desorientados e muitas vezes desesperados, decidi oferecer uma aliança a Emmanuel Macron”, explicou Bayrou, que anunciou ainda a desistência da sua candidatura à presidência de França para não dividir o eleitorado do centro, o que beneficiaria a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, uma “grande e imediata ameaça para o país e para a Europa”

  • Trabalho infantil e vouchers escolares: as controvérsias da nova ministra da Educação de Trump

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Por apenas um voto de diferença, Betsy DeVos foi esta terça-feira confirmada pelo Senado dos Estados Unicos como nova responsável máxima pela Educação do Governo Trump. O Expresso republica um texto no qual se traça o perfil desta multimilionária, proeminente dadora do Partido Republicano e grande defensora de um sistema de vouchers na escola pública, que os críticos dizem servir apenas para desviar fundos públicos para o ensino privado

  • Antes pelo contrário

    Daniel Oliveira

    Quem tenha dúvidas da descontração com que o poder económico está a receber a chegada de Donald Trump deveria prestar atenção à reação dos famosos mercados. Em geral tem sido boa e nunca tão má como a que assistiríamos perante um Bernie Sanders, por exemplo. Nada do que Trump propõe assustaria tanto como uma política que favorecesse a igualdade fiscal, os direitos laborais ou a regulação firme da economia e dos mercados financeiros. Os mercados não se agitam com um aumento da desigualdade, não dependem de direitos cívicos, não se preocupam com o ambiente, não defendem a democracia. Os mercados são uma multidão de investidores com olhos postos em ganhos próximos. Quem governa para os mercados não governa segundo um conjunto de valores sedimentados na história. Não governa para o bem comum. Não governa sequer para o futuro. Não é possível governar ignorando a dependência dos Estados e das empresas face ao poder financeiro. Mas quem governa com o objetivo de satisfazer os mercados não governa coisa alguma

  • Os factos reais e alternativos sobre a mulher mais poderosa da Casa Branca

    Internacional

    Mariana Lima Cunha

    Ainda há uns meses, Kellyanne Conway era conhecida como a analista que apoiava Ted Cruz e criticava os comportamentos “pouco presidenciais” de Donald Trump. Hoje, é o braço direito do multimilionário que chegou à Casa Branca. Este é o retrato da mulher que foi à televisão defender os “factos alternativos” da era Trump e que justifica as medidas contra refugiados com um atentado terrorista que nunca aconteceu

  • Os factos reais e alternativos sobre a mulher mais poderosa da Casa Branca

    Diário

    Mariana Lima Cunha

    Ainda há uns meses, Kellyanne Conway era conhecida como a analista que apoiava Ted Cruz e criticava os comportamentos “pouco presidenciais” de Donald Trump. Hoje, é o braço direito do multimilionário que chegou à Casa Branca. Este é o retrato da mulher que foi à televisão defender os “factos alternativos” da era Trump e que justifica as medidas contra refugiados com um atentado terrorista que nunca aconteceu

  • Trump escolhe juiz conservador para o Supremo Tribunal, democratas prometem luta no Senado

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Juiz do tribunal federal de recursos do Colorado, Neil Gorsuch é “o tipo de conservador evangélico tradicional com que os eleitores sonharam como recompensa por aturarem Trump durante a campanha eleitoral, apesar das controvérsias e das ocasionais apostasias políticas”, aponta o correspondente da BBC nos EUA. Democratas prometem batalhar contra a nomeação e transformar a disputa num referendo ao Presidente

  • Estratega de Trump vê jornalistas como “o partido da oposição” e diz que “devem estar calados”

    Internacional

    Joana Azevedo Viana

    Numa entrevista telefónica com o “New York Times”, Steve Bannon, um dos líderes da chamada “direita alternativa" (leia-se extrema-direita) e coautor do discurso distópico que Trump declamou na sua tomada de posse, diz que os media devem sentir-se “embaraçados e humilhado” por não terem previsto a vitória do republicano e que, por isso, devem “calar-se e ouvir” o Presidente