Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Evocação de Leitão de Barros nos 50 anos da morte de um dos mais talentosos do século XX português

    Cultura

    António Valdemar *

    Leitão de Barros teve enorme popularidade através 
do cinema, do teatro, do jornalismo, da organização 
de espetáculos, das festas da cidade que enchiam as ruas de Lisboa... Cinquenta anos depois da sua morte, muito poucos são os que o conheceram no convívio pessoal 
e menos ainda os que se recordam da atividade 
que exerceu e do impacto que provocou

  • Júlio Pomar: “Sou um bocado canibal”

    Cultura

    Alexandra Carita e António Pedro Ferreira

    A obsessão pelos ‘bonecos’ nunca lhe foi contrariada. Desde que se lembra e até hoje viveu a construir telas e a admirar obras. Passou pela política e foi preso ao lado de Mário Soares. A memória límpida recorda os tempos da Brasileira de Almada Negreiros, o homem que lhe comprou o primeiro quadro, tinha ele 16 anos. Conversa de vida sem direito a pausas

  • Já foste ao Amadeo?

    Cultura

    Cristina Margato

    O número de visitantes das grandes exposições realizadas em Portugal, nomeadamente as dedicadas aos modernistas portugueses, cresceu significativamente. Já para não falar em Miró em Serralves, que já ultrapassou os 100 mil. Se ainda ninguém sabe como explicar todos os fatores que contribuem para este fenómeno, há quem não hesite em chamar-lhe exatamente “fenómeno”

  • Já foste ao Amadeo?

    Diário

    Cristina Margato

    O número de visitantes das grandes exposições realizadas em Portugal, nomeadamente as dedicadas aos modernistas portugueses, cresceu significativamente. Já para não falar em Miró em Serralves, que já ultrapassou os 100 mil. Se ainda ninguém sabe como explicar todos os fatores que contribuem para este fenómeno, há quem não hesite em chamar-lhe exatamente “fenómeno”

  • Um congresso pessoano com sangue novo

    Cultura

    José Mário Silva

    Durante os próximos três dias, as ideias, as palavras e o legado de Fernando Pessoa vão ocupar um auditório da Fundação Gulbenkian, em Lisboa. Oportunidade para ficar a conhecer as mais recentes investigações sobre a inesgotável obra do poeta, feitas tanto por académicos consagrados como por doutorandos ainda a dar os primeiros passos nos círculos pessoanos

  • Um cometa breve e fulgurante

    Arquivos Expresso

    Celso Martins

    A obra de Amadeo de Souza-Cardoso regressa a Paris para se reencontrar com uma cidade que o abriu ao mundo moderno e lhe moldou o génio Neste fim de semana em que celebramos a família e nos preparamos para o ano que há de vir, o Expresso republica histórias, reportagens, conversas, narrativas, dúvidas, considerações, certezas e revelações que fizeram de 2016 um ano preenchido. Todos estes artigos são publicados tal como saíram inicialmente