Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Quanto maior a confusão menos se sabe o seu tamanho

    Internacional

    Plínio Fraga, correspondente do Expresso no Brasil

    O Brasil tornou-se esta semana um país ainda mais complicado de explicar politicamente. E esta é a narrativa de como um homem da ultradireita, defensor da ditadura militar e contrário a políticas inclusivas de minorias está a crescer com as indefinições, acusações e incertezas que cercam Lula e Temer

  • Quanto maior a confusão menos se sabe o seu tamanho

    Diário

    Plínio Fraga, correspondente do Expresso no Brasil

    O Brasil tornou-se esta semana um país ainda mais complicado de explicar politicamente. E esta é a narrativa de como um homem da ultradireita, defensor da ditadura militar e contrário a políticas inclusivas de minorias está a crescer com as indefinições, acusações e incertezas que cercam Lula e Temer

  • Antes pelo contrário

    Daniel Oliveira

    Lula foi condenado por ter favorecido uma empresa que nenhuma prova ou indício forte permite dizer que favoreceu em troca de um apartamento que não é propriedade sua e que nada de minimamente sólido permite dizer que foi informalmente seu e lavou dinheiro que nenhuma prova permite dizer que existiu.

  • PGR vai obrigar Temer a passar três vezes pelo crivo

    Diário

    Helder C. Martins

    O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, acusou o Presidente brasileiro, Michel Temer, de corrupção passiva. A autorização para julgar o chefe de Estado neste contexto tem que passar pelo Parlamento. Mas o Procurador apostou em fragmentar o processo e está a ultimar mais duas acusações preliminares: obstrução à justiça e associação criminosa

  • Michel Temer goza 48 horas de tréguas

    Internacional

    Helder C. Martins

    O plenário do Supremo Tribunal vai analisar quarta-feira se suspende a investigação ao Presidente até que se realize a perícia da gravação onde se ouve Michel Temer a aprovar um suborno. O pedido da defesa serve-se de notícias da imprensa dita “amiga” mas que tal como o país está profundamente dividida “Se quiserem, derrubem-me”, desafiou esta segunda-feira Temer