Siga-nos

Perfil

Expresso

  • César Mourão: “Não me rio com quase nada”

    A Beleza das Pequenas Coisas

    A César o que é de César, e ele tem um talento particular a fazer comédia sem rede e sem guião, a que nos faz rir do imprevisto. Por isso mesmo, prepara-se para estrear este domingo, dia 19, na SIC, o programa “D´Improviso”, onde desafiará figuras públicas a improvisar em situações inusitadas. Nesta conversa o ator, que tem andado pelos caminhos da comédia, revela que não é de riso fácil e sabe bem que o sucesso e a popularidade têm um prazo: “Isto não vai durar sempre. Tenho a impressão de que estou em late check out num quarto de hotel maravilhoso, com a senhora da receção sempre a ligar-me: ‘Olhe, está aqui mais gente para ocupar o quarto... Queremos limpá-lo.’ Por isso tenho sempre a mala meio feita.” César revela ainda o seu lado mais tímido e melancólico, a relação com a filha e alguns ‘superpoderes’ que fazem dele um artista virtuoso. Para ouvir neste episódio do podcast “A Beleza das Pequenas Coisas"

  • Serralves propõe uma viagem ao mundo do realizador Jonas Mekas

    Cultura

    André Manuel Correia 

    É uma semana dedicada à cinematografia de um homem com 94 anos de idade, tido como o mais importante realizador de vanguarda norte-americano. Após ter chegado a Nova Iorque em 1949 como um exilado da Segunda Guerra Mundial, iniciou um longo percurso que o levou a trabalhar com artistas como Salvador Dalí, Andy Warhol, John Lennon ou Yoko Ono

  • Todas as noites ouvem palmas. E não saem para as receber

    Sociedade

    Marta Gonçalves, Joana Beleza e Marcos Borga

    Foram mais de uma centena, quase duas. Hoje, só Cristina e João são profissionais na arte de “soprar o texto” (dizê-lo muito baixo, quase como um sibilar, sem lhe imprimir qualquer emoção ou intenção, quando o ator se esquece da fala). Deles quer-se discrição, quase invisibilidade. Os pontos estão a desaparecer, a profissão está a morrer. Esta quinta-feira estreia “Sopro”, uma peça sobre aqueles que são a luz que se acende no esquecimento do ator

  • “House of Cards” chega ao fim

    Cultura

    Expresso

    A sexta temporada da série ainda está em fase de produção mas será a última. O ponto final surge horas depois de Kevin Spacey ter sido acusado de assédio sexual. O Netflix garante que não há relação entre os dois acontecimentos

  • BBC mais “british”

    Internacional

    Texto Luís Proença

    Mais e melhor. A BBC terá de difundir mais programação original britânica já a partir do ano que vem. A determinação é imposta pela Ofcom, a entidade reguladora dos media e telecomunicações no Reino Unido, à luz da nova carta de obrigações estabelecida para o operador publico de televisão e rádio

  • Chamem-me o que quiserem

    Henrique Monteiro

    O Presidente puxou as orelhas ao Governo e ao primeiro-ministro, o Governo e o primeiro-ministro pediram desculpa e fizeram o que o Presidente tinha dito e tudo vai acabar bem. Por enquanto. Se este foi o momento político-institucional mais marcante desta legislatura, não será, do meu ponto de vista, um ponto de viragem nas relações Belém/S. Bento. Tudo vai voltar a ser como dantes