Siga-nos

Perfil

Expresso

  • "Já vi namorados a discutir num clube de swing"

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (Texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias), Ricardo Sant´Ana (Edição de Imagem), Paulo Alves (Grafismo)

    Para Catarina Nabais, 38 anos, filósofa, entre um casal vale tudo, menos a mentira e a falta de respeito. Com um ex-companheiro frequentou em França clubes de 'swing', depois de muito conversarem sobre o assunto. "O swing é uma experiência de cumplicidade e que vem intensificar imenso uma relação e criar múltiplas dimensões à transparência que já lá está." Neste sexto episódio de uma série de sete semanas, vários entrevistados falam abertamente sobre como encaram a fidelidade, um projeto do Expresso e da SIC.

  • "Para mim foi uma honra desvirginar o Tito", diz Rute

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (Texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias), Ricardo Sant´Ana (Edição de Imagem), Paulo Alves (Grafismo)

    Rute e Tito Chaves, com 21 e 26 anos, casaram virgens por uma questão de fé. Ambos evangélicos, ela restauradora, ele informático, dizem que se tornaram num só corpo quando fizeram sexo pela primeira vez. Na noite de núpcias experimentaram o "choque fantástico" de verem o corpo nu do outro. Só consumaram o ato ao terceiro dia. "Com calma. Não tínhamos a exigência ou a pressa de ter que o fazer". O Expresso falou com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Conheça mais quatro histórias e perspetivas diferentes do que cabe no conceito de fidelidade. 

  • "A minha geração está a apanhar o fim dos tabus no sexo"

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (Texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias), Ricardo Sant´Ana (Edição de Imagem), Paulo Alves (Grafismo)

    Afonso Martins, 21 anos, é estudante de comunicação e serve bebidas num bar da moda do Cais do Sodré. Certas noites sai acompanhado por "amigas especiais". Também lhes chama de 'amigas coloridas' ou 'fuck buddies'. Apenas para sexo, portanto. "É bom porque não há preocupações". E conta que, não raras vezes, é seduzido por mulheres mais velhas com bilhetinhos e piropos. Neste quinto episódio de uma série de sete semanas, quatro jovens entrevistados falam abertamente sobre as primeiras experiências, um projeto do Expresso e da SIC.

  • "Gosto de rapazes que tenham atitude. Gosto que se imponham e mostrem que sabem"

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias), Ricardo Sant´Ana (Edição de imagem), Paulo Alves (Grafismo)

    Teófila Cristóvão, 19 anos, uma rapariga atraente de Vila Nova de Gaia, não é menina para se render aos caprichos do coração. E, de momento, está a tirar partido de uma relação descomprometida com um 'amigo colorido'. "É mais à base da atividade sexual. Não há compromisso, nem mãos dadas."  O Expresso falou com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Revelamos mais quatro histórias.

  • "O ato sexual não gasta muita energia. É quase o mesmo que um jogo de golfe. Não há homem que não possa jogar golfe"

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias); Ricardo Sant´Ana (Edição de imagem); Paulo Alves (Grafismo)

    O médico octogenário Mário Reis, do Porto, assegura que pouco mudou na vida íntima com a mulher, ao longo dos 53 anos de casamento. "O orgasmo e a erecção são menos intensos, mas mantêm-se. E, para desfazer equívocos, o que as mulheres mais apreciam não é a rigidez, nem o tamanho, o que as senhoras apreciam é... a grossura". Neste quarto episódio de uma série de sete semanas, quatro entrevistados falam abertamente sobre o seu desempenho na intimidade, um projeto do Expresso e da SIC.

  • "O Woody Allen salvou-me a vida. Ele mudou um arquétipo de sedução masculina"

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias); Ricardo Sant´Ana (Edição de imagem); Paulo Alves (Grafismo)

    O jornalista Nuno Miguel Guedes, 50 anos, autor de um dos fados de Ana Moura, define-se como um 'charmeur' e diz ter-se envolvido com mais mulheres do que mereceu. Nilda Botelho, de 62 anos, reformada, redescobriu a capacidade de seduzir após o divórcio aos 50. O médico urologista Mário Reis garante manter-se sexualmente ativo aos 80 anos. Manuela Ralha, de 47 anos, paraplégica após um acidente de viação, conta que a cadeira de rodas já não é um obstáculo para a sua sexualidade.

  • "Perder tempo com jantarinhos? Vamos é para a cama. Só se houver entendimento sexual é que há bom entendimento relacional", diz Duarte

    Sociedade

    Reportagem de Bernardo Mendonça e Maria João Ruela (texto), Hugo Neves (Imagem), João Lemos (Fotografias); Ricardo Sant´Ana (Edição de imagem); Paulo Alves (Grafismo)

    Duarte Barrilaro Ruas foi porteiro das discotecas Frágil e Lux, em Lisboa, nos idos 80 e 90. O ator e encenador afirma que nesses 'gloriosos tempos' era muito direto na abordagem e que deu prazer a um grande número de mulheres: "mais de 200, menos de 400. Neste terceiro episódio de uma série de sete semanas, quatro entrevistados falam abertamente sobre o seu desempenho na intimidade, um projeto do Expresso e da SIC.