18 de abril de 2014 às 0:59
Página Inicial  ⁄  Blogues  ⁄  Museu Virtual Aristides de Sousa Mendes  ⁄  Otto von Habsburg morreu

Otto von Habsburg morreu

Otto von Habsburg estava destinado a ser rei da Áustria, da Hungria, da actual República Checa, da Croácia, da Eslovénia, da Eslováquia, e da Bósnia-Herzegovina. No entanto, as convulsões e as guerras na Europa, assim o não permitiram e, em 1961, renuncia a todas as suas pretensões monárquicas e declara-se "um leal cidadão da república".

equipa MVASM (www.expresso.pt)
1940 - Fragmento de um visto de trânsito emitido por Aristides de Sousa Mendes Mémorial de la Shoah - Musée Centre de Documentation Juive Contemporaine 1940 - Fragmento de um visto de trânsito emitido por Aristides de Sousa Mendes

Nascido em 1912, Franz Joseph Otto Robert Maria Anton Karl Max Heinrich Sixtus Xavier Felix Renatus Ludwig Gaetan Pius Ignatius, designado como arquiduque Otto, filho do Imperador Carlos I, trazia a promessa de um grande futuro à Casa Real.

No entanto, com a Primeira Grande Guerra dá-se o desmembrar do império austro-húngaro e a família real é obrigada a exilar-se, na Madeira, durante algum tempo. Otto tinha, então, sete anos.

O tempo vai passando e a restauração da monarquia na Áustria e na Hungria parecia cada vez mais distante. É, em 1938, com a anexação da Áustria pela Alemanha nazi que terminam as expectativas de uma possível restauração.

A família von Habsburg está, novamente, a caminho do exílio; primeiro a Bélgica e, depois, a França. Mas, com a ocupação da França pelos nazis e a assinatura do armistício, os von Habsburg são obrigados, em Junho de 1940, a escolher, mais uma vez, um novo país de acolhimento.

Portugal foi o destino eleito e, com os vistos passados por Aristides de Sousa Mendes, então cônsul de Portugal em Bordéus, os vários membros da família real conseguem chegar salvos ao nosso país, onde permanecem por vários anos.

Após o final da guerra, Otto von Habsburg viria a viver, durante vários anos, em França e em Espanha. Em 1971, é eleito deputado europeu, pelo partido da direita bávara - o CSU, ocupando o cargo durante vinte anos, até 1999.

Otto von Habsburg morreu a 4 de Julho de 2011, com 98 anos.

O MVASM através deste blogue, presta-lhe homenagem pela forma como, ao longo dos anos, contribuiu para a divulgação do acto de Aristides de Sousa Mendes.

Fonte: RTP - Rádio Televisão Portuguesa

Clique para visitar o museu
MUSEU VIRTUAL
ARISTIDES SOUSA MENDES
Comentários 3 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Li algures:
Uma história engraçada que ele protagonizou, enquanto deputado europeu:
No dia em que havia um jogo de futebol de selecções, alguns colegas deputados perguntaram-lhe se não ia ver a transmissão desse jogo, ao que ele inquiriu - "quem joga?", informado que era um jogo Áustria-Hungria, respondeu - "ah sim e contra quem?".
Re: Li algures: Ver comentário
Re: Li algures: Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub