31
Anterior
Francisco Louçã é um episódio de Monty Python
Seguinte
Violar menores sai barato
Página Inicial   >  Blogues  >  A Tempo e a Desmodo  >   Os tugas que atacam o Google

Os tugas que atacam o Google

|

Chamem-me fascista, mas eu continuo a ter esperança no país e na capacidade de resposta do Mr. Tuga. Não, não é só por causa da vitalidade dos sectores tradicionais. A esperança resulta, acima de tudo, do surgimento de sectores mais complexos e de uma nova geração que demonstra capacidade para estar na vanguarda das tecnologias da informação. Tal como eu dizia há dias, já exportamos mais turismo de saúde do que vinho ou cortiça , e já temos jovens capazes de jogar na Liga dos Campeões das novas tecnologias.

Estou a exagerar nesta coisa da Liga dos Campeões dos geeks? Não, não estou. Olhemos para casos concretos. Em Coimbra, três jovens portugueses desenvolveram uma ferramenta que desafia o Google. Esta ferramenta, o Bundlr, é uma espécie de Google mas em bom, isto é, faz uma selecção mais minuciosa e direccionada dos conteúdos pesquisados. Com apenas um aninho de vida, o Bundlr já tem oito mil subscritores espalhados pelo mundo. Entre eles, contam-se alguns jornalistas do The Guardian e um canal americano de meteorologia. A moral está em alta, e um dos jovens informáticos diz que o Bundlr será "uma verdadeira alternativa ao Google" (Sol, 9 de Março). Saúdo esta arrogância à Mark Zuckerberg dos geeks coimbrinhas, tal como saúdo a empresa portuguesa, Biodroid, que faz jogos de enorme sucesso para a App Store da Apple. E também brindo à saúde da Seed Studios. A partir da Ribeira do Porto, esta empresa fez o primeiro jogo português para a Playsation.

Se estivermos disponíveis para uma dose de factos que escapem à ladainha do costume, vamos encontrar nos jornais mais empresas como estas. "Mas estas empresas ainda não têm a força para mudar de imediato o tecido económico português", diz o apocalíptico que é discípulo de La Palisse. Sim, é verdade. Mas a existência destas empresas indicam uma mudança de fundo na nossa sociedade. Pela primeira vez, temos gente na vanguarda de uma revolução tecnológica. "Um pormenor sem importância", dirá o apocalíptico da mesa do canto. 


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 31 Comentar
ordenar por:
mais votados
Fraca consolação
Curioso como HR embandeira em arco, porque 3 jovens inventaram um qualquer instrumento de internet. Estas coisas informáticas continuam a deslumbrar o pelintra lusitano. Na minha zona há alguns jovens que, com uma carrinha, prestam serviços de jardinagem, canalização, pedreiro,etc e estão sempre ocupados. Mas não têm estatuto para uma crónica.

Não há razão para preocupação, 3 jovens fizeram uma empresa e estão a ganhar dinheiro. Só faltam mais 199.000 empresas deste tipo, para chegarmos ao pleno emprego e à almejada prosperidade.
E tudo devido à gestão criteriosa de Passos e Gaspar......
Re: Fraca consolação
Re: Os tugas que atacam o Google
Não, o o Henrique Raposo não é fascista por,como diz, continuar a ter esperança no país . É um nacionalista que pensa que só um determinado número de portugueses que perfilham ideias que,para simplificar, considerarei de nacionalistas e direitistas são os únicos que querem acreditar no País. E que, para simplificar ainda, designo por patriotas.
lol
Tu não és fascista, tu és ignorante porque falas de coisas que não sabes como estão a evoluir.
Fascistóides
Ele há posições que são no mínimo fascistóides e este senhor abusa delas fazendo lembrar alguns apoiantes do regime anterior que na falta de melhor criaram aquela máxima "Que rádio Moscovo não fala verdade" ou que faziam constar ser os comunistas uns perigosos predadores, comedores de criancinhas. No artigo volta à carga com aquela do "Tuga" que chateia qualquer um e o pior é que é o termo é utilizado com intuitos prejorativos. Parece que este "ideologo" há esperança quando se restaurar a Legião Portuguesa, DGS e a ANP, ao mesmo tempo que a esquerda é acantonada na ilha do Sal ou no Reduto Norte de Caxias.
HR
Calma aí com essa alegria toda, ou já esqueceu aquele jovem promissor de nome sócrates que veio revolucionar a política do país?
Veja houve freeports, energias verdes ou maduras, Covas da Beira, Aterros, Sucatas etc, etc, e veja no que isto deu.
Portanto refreie essa alegria toda.
Os Tugas que atacam o Google
Desta vez o Henrique Raposo até tem alguma razão, mas vai perdê-la toda, porque isso é obra de Sócrates e Passos está a dar cabo dela. Por mais que custe ao autor, pode chamar e acusar Sócrates de tudo, mas será injusto quando não lhe atribui méritos de reformador e modernizador. Sem dúvida Sócrates tem visão e Passos não passa de um Velho do Restelo. Isto foi dito aqui no Expresso por um investigador na altura que foi feita uma manifestação motivada pelos cortes que foram feito por Passos logo que tomou posse. Acrescentava ainda que depois de destruído este trabalho que demorou anos a construir, ia levar anos para se voltar outra vez ao mesmo sítio. Um investigador não se faz de um dia para o outro. Já agora também sei que muitos estão a sair para o estrangeiro por não haver condições. Esta política já foi utilizada por Durão Barroso com os cortes no financiamento e ouve jovens investigadores que passaram meses sem receber as bolsas e os salários. Desta vez o autor acabou por dar razão e elogiar Sócrates. Será que foi de propósito, ou foi mesmo engano.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/o-emigrante-portugues-1965-2012.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/111-observatorios-e-o-governo-nao-sabe.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/sampaio-da-novoa-discurso-dia-de.html

750mil euros:Figo/Sócrates/Taguspark
Re: 750mil euros:Figo/Sócrates/Taguspark
Re: 750mil euros:Figo/Sócrates/Taguspark
Re: 750mil euros:Figo/Sócrates/Taguspark
Caro HR
O problema não é a capacidade dos portugueses. O problema é que são muitos os empresários de sucesso que se estão a mudar para outros países. Não julgue que é apenas o Pingo Doce e o resto do PSI-20. Existem dezenas ou centenas de PMEs que estão a ser criadas por portugueses no médio oriente, europa central, américa do sul, etc.

A questão da capacidade de investimento (business angels, capital de risco, etc.) e o nível de impostos, juntamente com com a incapacidade dos bancos em emprestarem às PMEs (estouraram o dinheiro todo que tinham e não tinham nas empresas públicas e estado) faz com que Portugal apenas interessa para contratações, nada mais.

A verdade é que temos um estado que (para as PMEs) é sócio nos momentos bons (em que vai buscar os seus super impostos de sorriso na cara) e nos momentos maus não tem nada a ver com o assunto. Para as grandes empresas é ao contrário: como diz o BE - e bem - privatiza-se os lucros e nacionaliza-se os prejuízos. Para além disso, os contratos estatais são dados aos amigos (como Lusoponte, Mota-Engil, JPSáCouto, Parque Escolar, etc) o que significa que Portugal também não interessa como cliente.

Não há nada de errado com os Portugueses! Canso-me de dizer isso. Mas há muito de errado com Portugal.

Cumprimentos,

António

oreivaivestido.blogspot.pt
Re: Caro HR
Re: Caro HR
Re: Caro HR
Re: Caro HR
Bundlr?com este nome não vão lá!
Chamem-lhe outra coisa,porque com este nome não vão lá!
Bravo HR!

Viva o Bundlr, o nosso pastel de nata da internet!
Continue a levantar o nosso moral e bem haja por isso.
Este artigo tenho de comentar
Leio os artigos de opinião...e vou-me rindo pela capacidade de comentários destes "escribas" que tudo sabem. Mas neste caso tenho de comentar...
meu caro HR.. 1."Tuga" é um depreciativo e não fortalece a imagem do Português e de Portugal. 2. Informe-se sobre o que é o quê antes de fazer estes comentários sem nexo. 3. empresas jovens "exportando" software existem muitas em Portugal e são motivo de orgulho... assim como muitas que lutam no seu dia a dia para se manterem à tona e que também deveriam ser objecto/comentário dos seus artigos. 4. Como rapaz de meia idade, desempregado, irei, embora me custe muito, contribuir para uma empresa estrangeira, fora de Portugal porque as empresas aqui apenas querem contratar pessoas para "trabalho escravo" e não pelo seu valor, experiência e competência (não me chamo Catroga nem sou filiado no PSD..) mas darei, como sempre dei, o melhor de mim para que Portugal seja sempre elogiado. 5. apelos "bacocos" ao nacionalismo apenas criam anticorpos...faça um apelo sentido, com sentido de estado. 6. concordo com o moncarapacho...existem muitas mais "formiguinhas" que fazem por este país do que este seu artigo pretendendo elevar o moral da Nação com "conversa da treta". 7. dito isto, espero que um dia escreva algo... de jeito.
A playsation
Tu não és fascista, tu és é parvo. Mas isso é comum num país onde o QI de 90 prolifera por tudo o quanto é canto. Párem de procriar, por favor.
Felicidades
Desejo muitas felicidades para esses 3 jovens especialmente quando a GOOGLE ou outro gigante da informática abrirem os cordões a bolsa par comprar a "bundlr".
Re: Os tugas que atacam o Google
A Sr.ª Ministra da Agricultura (e de mais uma carrada de Ministérios, mas por sinal um dos poucos membros do governo que ainda vai tentando fazer trabalho e realizar coisas além da 'austeridade' Gasparina) é que também tinha esperança, em tempos de seca, que um dia chovesse...

Em bom rigor tu não és bem fascista: és um CON, realmente CON!...
Re: Os tugas que atacam o Google
O que era mesmo giro era conhecer o próprio Bundlr antes de falar dele...
Não é uma ferramenta de pesquisa, é uma ferramenta de clipping, o que quer dizer que nem sequer compete com o Google.
Espero que o Bundlr corra bem, mas, tal como alguém já aqui referiu, caso isso aconteça o mais provável é serem comprados por um dos tubarões.
ui
O cientista político voltou a atacar.

Depois do ataque dos pasteis de nata, do sempre em cima, ministro da economia, temos o ataque do tuga, divulgado pelo também sempre em pé, cientista político raposão.
Comentários 31 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub